https://www.poetris.com/
Poemas -> Reflexão : 

Melancolia

 
Melancolia
 
Não há mais a alegria de antes
E não sinto desejo algum
Olho para as pessoas em suas rotinas
Tudo isso me deixa entediado
Como se a roda da vida girasse sempre na mesma direção
Continuamente...
Sinto a ausência de ânimo
Não quero fazer nada
A não ser olhar para o vazio a minha frente
Quem sabe assim ele será preenchido
Pelas lembranças
Saudades de um tempo que não volta...
Não há revolta em mim
Na verdade, nem me importo com mais nada
Nenhuma agitação
Nem mesmo os pensamentos importam
E não ligo a mínima pelas crises
Ou surtos de pessoas psicóticas...
A tristeza é o alimento do dia
O agasalho da alma
O olhar para o vazio
A melancolia
Pois eu não sei para onde ir
Nem tenho desejo algum
Apenas o sentimento de ilusão
De uma vida perdida no tempo.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
132
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
3
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 07/12/2021 19:31  Atualizado: 07/12/2021 19:31
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 5372
 Re: Melancolia



Que reflexão poeta Odair José, Poeta Cacerense

É ler e voltar a reler.

um abraço

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 08/12/2021 10:33  Atualizado: 08/12/2021 10:33
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1698
 Re: Melancolia
.
Seu poema triste e sem força, tenho saudade da sua inspiração no olhar.
Como somos irmãos de fé fica o versículo

Joel 3

10. Forjai espadas das relhas dos vossos arados, e lanças das vossas podadeiras; diga o fraco: Eu sou forte.

Abraços! Vamos para luta.

Enviado por Tópico
maria.ana
Publicado: 08/12/2021 21:15  Atualizado: 08/12/2021 21:15
Participativo
Usuário desde: 07/12/2021
Localidade:
Mensagens: 42
 Re: Melancolia
É bom agarrarmos a força necessária para lutar contra a sensação de vazio. Mas, na verdade, eu entendo bem a melancolia expressa no seu texto.