https://www.poetris.com/
Poemas : 

Belisca-me pinicando

 
Vem pinicar-me, não me deixes
Prostrar, e pela chuva esmorecer...
Vem pinicar-me como se a verdade ainda fosse uma causa possível
E as palavras
Acordassem
Todo aquele vocabulário de pássaros que por nós se ergueu.
Vem pinicar-me, beliscando,
Incendiando as águas,
Por onde me entendes,
Por onde me sentes
Por onde ainda nos vês, ..
Tocando esses teus acordes violonistas espelhados
Libertando as garras
Que sempre me inspiraram
Acompanhando as margens
Afastando as nuvens

Me mostrando céu.

 
Autor
Esqueci
Autor
 
Texto
Data
Leituras
100
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
0
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.