https://www.poetris.com/
Poemas : 

Saudades de infância

 
 


tantas âncoras
presas a alma
e um mar
pedindo socorro

vejo no teu olhar
uma ravina
impossível de escalar
galgar a tristeza
enxugar
aquela
lágrima
que
escorre
muito antes
de saberes
amar



 
Autor
Frágilvocábulo
 
Texto
Data
Leituras
123
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.