https://www.poetris.com/
Poemas : 

no meio do nevoeiro ... aguardando-te

 
 



sempre foste
a Estrela
capaz de luzir nas águas mais pretas
nos tetos mais cinzentos
em cada céu
[nos desertos das pessoas]


sem os raios
do teu corpo
tudo
é noite em espaço
vazio lagrimejado
um estranho trajeto


apesar de não estar tão perto
como o teu mercúrio ou o teu marte
sigo-te em toda a parte


estou longe
orbitando
teus
cabelos






 
Autor
Frágilvocábulo
 
Texto
Data
Leituras
160
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
3
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 29/04/2020 19:39  Atualizado: 29/04/2020 19:40
 Re: no meio do nevoeiro ... aguardando-te
estava agora mesmo a falar com alguém (uma amiga muito querida) quando vi o seu... é um poema! para que é que serve um cu. perguntava-lhe eu e ela respondeu: para comer. ok. ela estava a ler o pensamento dos desgraçados. se lê-se o do felizes diria: para cagar. é claro, tudo às claras. no meio do nevoeiro ninguém é feliz. enfim

Enviado por Tópico
Palas
Publicado: 30/04/2020 23:25  Atualizado: 30/04/2020 23:25
Muito Participativo
Usuário desde: 09/09/2019
Localidade:
Mensagens: 52
 Re: no meio do nevoeiro ... aguardando-te
Tão Belo.

... nunca soube o que era isso de estar longe.

Sorriso