Poemas : 

O SILÊNCIO 05/01/22

 
Tags:  silêncio  
 
O SILÊNCIO 05/01/22
 
O SILÊNCIO 05/01/22

Angústia no silêncio
São tristes momentos.
Mas e se persiste o sentimento
e não gera esquecimento.

Só pode ser doença e doente.
Não é assim que chamam a paixão
"A doença do amor"
Uma compulsão.
Não saber o que é bom
e o que é não.

Quando o tempo não tem sentido.
Todo o ocorrido é perdão
Todo senso comum desaparece
Naquilo que só não se esquece.

Em verdade e mentira
a realidade que sua teia tese.
Em algo maior que tudo
Incomensurável e inalienável.
Não se pode dar ou perder.

Não de fato,
amor não se reparte.
Dele só repartimos sombras
que alguns não entendem
e outros se surpreendem.

É louco o amor do outro.
Não o nosso!
O nosso é divino
e quando existe nunca é pouco.

Difícil é ter carinho
no amor do outro.
Isso só quem ama o amor.
E por amar entende a loucura
da razão ilógica e bela
da verdade que se rebela.

O silêncio, nada diz
mas pode significar tudo
Deixa a cargo da sua vítima
a posse do que tem
e a sua ausência também.

Dante Locatelli.

https://naquelesegundo.blogspot.com/2022/01/o-silencio.html

#silêncio

 
Autor
Locateli
Autor
 
Texto
Data
Leituras
164
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.