https://www.poetris.com/
Poemas : 

Evento das Estações - Poema ...No Livro D'alma (RFim)

 

Em dias primaveris
De brisas suaves...
Cavalgando, cabelos
Ao vento pensamentos
Longínquo, passado
Um tempo; ela desiste
Da cavalgada põe -se,
No vaguear deitada na relva
Lembra-se, dos dois.
Eles sempre se encontravam,
Mas não podiam se aproximar
Seus pais não consentiam.
Melhor obedecer, naquela
Época quase selvagem
Quanto ao querer dos pais
Que mesmo infelizes seguiam
À risca os velhos costumes.
Namorar, casar só com quem
Eles escolhessem. E assim,
Ao se veem ficavam
Ali, parados quase hipnotizados.
Olhares fascinantes,
Encantados; apaixonados!
Almas que se queriam.
Lágrimas vertiam do âmago
Sem poder dizer o que sentia.
Terno amor de Olhares...
O pulsar ficava prestes
A explodir de emoção.
E as palavras que nunca
Foram ditas ficaram
Guardadas no livro d'alma!


Para votar neste poema inserir o comentário "VOTO"

 
Autor
Eventos Luso-Poemas
 
Texto
Data
Leituras
168
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 15/10/2023 15:10  Atualizado: 15/10/2023 15:10
Membro de honra
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 3052
 Re: Evento das Estações - Poema ...No Livro D'alma (...
VOTO