https://www.poetris.com/
 
Avisos Luso-Poemas : 

Apuração (BR) ou Apuramento (PT)

 
Vencedores já na página inicial



Prezados poetas,

Agradeço a todos pela participação no evento que buscou uma formatação diferente. Somos poetas, somos criadores de escritos, qualquer que seja o nosso estilo.
Como homenagear criadores do novo senão buscando criar em novo formato de evento, como fazemos nos demais dias com nossas poesias?
Quando se cria, estamos sujeitos ao gosto e ao desgosto de uns e outros.
Todos já conviveram neste site, no cotidiano, com aquele poema que acreditávamos excepcional e não recebeu nada além de poucas leituras, nenhum comentário, nenhum gostei e nenhum favorito... Ou o outro, feito meio às pressas, que juntou mais de 90 pontos.
Mas continuamos criando o novo e, de cabeça erguida, continuamos postando nossas criações dia a dia, sujeitos ao humor dos leitores.
Por certo eu poderia ter copiado um formato de sucesso e repetido isso, apenas apondo minha assinatura em algo que eu não criei... Pode ser conveniente a alguns, mas a mim não! Quis criar uma votação oculta pelo anonimato dos autores (embora muitos sejam reconhecidos de imediato pelo estilo) para que o poema e não o poeta fosse votado. Para que o voto se desse pela qualidade do escrito e não pela simpatia (ou antipatia) que temos pelo escritor(a).
Houve erros? Sim, sou humano e todos os erros são somente minha culpa, independente de ter tido ou não ajuda no evento.
Não temos no sistema do Luso um controle de leituras, ou seja cada vez que o mesmo poema é aberto pelo mesmo usuário conta uma leitura (faça o teste e veja). Assim, usar a quantidade de mais leituras como critério de desempate seria injusto e estimularia um eventual (e quase natural) incentivo àquele que estivesse no empate com outro poeta a "forçar" a somatória de leituras. O desejo de vencer é inerente ao ser humano.
Ao contrário quem somasse mais pontos com menos leituras significa que seu poema agradou mais proporcionalmente aos leitores. A lógica é: Quem teve 100 leitores e 2 votos pouco agradou (2%). Quem teve 20 leituras e 2 votos agradou mais (10%). Essa é a ideia. Podem até discordar dela, mas não podem me ofender ou me desmerecer por conta disso. Na próxima vez, que os críticos se apresentem antes do evento e digam: "Como podemos ajudar com ideias? Como podemos ajudar com trabalho manual? Como podemos ajudar de qualquer forma?
Para ser bem honesto, dois ou três poetas, durante o evento me apresentarem questões com as quais fui obrigado a concordar e ajudarão no futuro.
Outra crítica que recebi foi sobre desclassificar quem não atendesse os requisitos de falar de primavera ou outono (somos mundiais e as estações são diferentes nos hemisférios). Felizmente ninguém deixou de atender esse requisito e a discussão poderia terminar aqui. Porém sinto-me ofendido por terem questionado minha capacidade de aferir esse particular sem me conhecer. Nunca fiz propaganda de minhas qualificações, mas dono de uma pós-graduação que me permite lecionar português em universidades, depois de ter escrito há 43 anos (mais que a idade de muitos críticos) meu primeiro poema e com 3 livros publicados e em curso de um quarto livro, acho que posso minimamente compreender se o texto fala ou não das estações pedidas. Nem assim me arvorei em dono da verdade e para aferir criei uma comissão com mais 4 pessoas, participantes e não participantes do evento para dizer sim ou não. Nada disso que está sendo dito me faz melhor que ninguém, mas por certo me habilita a fazer o estou fazendo e a cometer os erros que cometi.
Perdoem minha "loooonga" exposição e vamos ao que interessa, mas que todos já poderiam saber por si mesmos, bastando contar os votos que são públicos (essa foi outra característica que evita qualquer fraude: a publicidade dos votos).
Ah, antes de continuar... Talvez porque me fiz explicar mal (como disse todos erros são meus), vejo que há poemas que não tem votos em determinada rodada, mas tem "gosteis" () que todavia não contam como voto. Uma pena e um fato a repensar.
A classificação (por favor revisem) é a seguinte do último ao primeiro:

Com 1 voto os poemas:
Renascer de Sidney Santos das Neves
Paz de Sidney Santos das Neves
Folhas de Outono de Maryjun
Segue a paisagem de Maryjun

Com 2 votos os poemas:
Prima Vera de Sergius Dizioli
Estufa de Flores de JMattos
Outono que sou de Correa
Saudando de JMattos
Labirinto de JMattos
Livro D'Alma de Maryjun
No ocaso de Maryjun

Com 3 votos os poemas:
Plena de Maryjun
Chegando à primavera de Maryjun
Beleza Natural de *Suzi
Talvez Outono de Alemtagus

Com 4 votos os poemas:
Beijos de Upanhaca
Autumn Leaves de Benjamin

Com 5 votos os poemas:
Auto do Homem de HorrorisCausa
Outono Irrevelado de Sergius Dizioli
Girassóis de Correa
Apreços de JMattos
Canção de Outono de Idália

Com 6 votos os poemas:

Chuvas de Novembro de Correa
Poema de Outono de Alpha
Por Fim de Jorge Santos


E com 7 votos, o vencedor:

Primaverou de Zé Silveira do Brasil

Faz jus a uma MENÇÃO HONROSA com certificado a poetisa Maryjunpor ter sido a que mais contribuiu com envio de poemas para o evento. Agradecemos aos demais que também o fizeram, JMattos, Sidney Santos das Neves e Correa, por ajudarem a abrilhantar este evento.





 
Autor
Eventos Luso-Poemas
 
Texto
Data
Leituras
334
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
11
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Eventos Luso-Poemas
Publicado: 18/10/2023 04:22  Atualizado: 18/10/2023 04:22
Eventos
Usuário desde: 20/04/2012
Localidade:
Mensagens: 486
 Os Certificados
Caros Poetas

Sugiro que, se quiserem, publiquem seus poemas nas suas respectivas páginas


Os originais serão enviados por e-mail

Parabéns Zé Silveira caRIOca!

Open in new window

Parabéns Maryjun pela bela produção. Agradecemos o prestigio de confiar tanto de seu trabalho para dar brilho ao evento.

Open in new window

Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 18/10/2023 08:30  Atualizado: 18/10/2023 08:33
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3531
 Re: Apuração (BR) ou Apuramento (PT)
Olá a todos

Parabéns Zé Silveira

Parabéns a todos os poemas e seus autores
Parabéns a todos aqueles que de forma directa ou indirecta fizeram este evento possível.

Obrigada

Atenciosamente
HC

Enviado por Tópico
benjamin
Publicado: 18/10/2023 13:54  Atualizado: 18/10/2023 13:54
Administrador
Usuário desde: 02/10/2021
Localidade:
Mensagens: 392
 Re: Apuração (BR) ou Apuramento (PT)
.
Parabéns a todos os que participaram, em especial ao amigo Zé Silveira.
Agradeço também à administração pela iniciativa.
Acho que a ideia de sugerir temas para escrita -- com ou sem "prémios" -- é um desafio estimulante.
Fico a aguardar o próximo :)
Abraços!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/10/2023 13:57  Atualizado: 18/10/2023 13:57
 Re: Apuração (BR) ou Apuramento (PT)
Parabéns Zé, super merecido!!! meus parabéns e agradecimentos tb ao Jorge e a toda administração do Site, em minha opinião deu uma sacudida muito legal em todos nós. Esperando as próximas. Deus os abençoe

Enviado por Tópico
ZeSilveiraDoBrasil
Publicado: 18/10/2023 19:53  Atualizado: 19/10/2023 13:01
Administrador
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 1728
 Re: Apuração (BR) ou Apuramento (PT) - à todos
.
.
.
Primeiro se descobre o dom através das bocas das gentes te dizerem, olá poeta; depois vem o hábito, a seguir a necessidade, e assim se instala e arraiga no âmago o desejo e prazer de ler e escrever ou compor e cantar quase que cotidianamente, como meu caso.
É-me difícil descrever em minúcias as evoluções tidas entre alegrias e decepções durante décadas de aprendizado e prática... Ultimamente, me vejo entre acontecimentos de premiações e reconhecimentos com certa constância,  perdoem-me, não é arrogância, talvez seja merecimento, talvez; tomara. Na verdade, aos setenta e sete anos, pelo menos uns sessenta dedique-me a escrita e a música, numa tentativa de preservação da Língua Portuguesa e da Música Popular Brasileira com o fim proficiente de expansão da lusofonia. Nesta direção, em 2012, criei e coordenei no Museu de Artes Contemporânea, o MAC, em Niterói, o 1° Encontro Luso-Poemas Versão Brasileira, foi quando poetas de todo Brasil se fizeram presentes e participaram, fazendo do evento uma magistral festa da poesia, da literatura, das artes e da música; inesquecível. https://youtu.be/8pUQrfprF4g?si=xiAqPgxpP_gd_xJq
Participantes desse evento hora ou outra me cobram um 2° Encontro, mas, infelizmente, não tenho mais o mesmo ímpeto de outrora, somado à minha debilitada saúde. Termino esta eufórica exposição, deixando aqui meus cumprimentos aos administradores moderadores do site, por conseguirem reunir desta casa uma pléiade de poetas que senti em cada leitura que fiz quão deram de si aptidão, amor e gozo pela poesia ao expor seus belos escritos. Parabéns a todos!Agradecimentos aos leitores votantes ou não; feliz pela premiação. Espero estar com vocês noutras incursões poéticas. Meu abraço caRIOca!


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 19/10/2023 11:10  Atualizado: 19/10/2023 11:11
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18112
 Re: Apuração (BR) ou Apuramento (PT)
Obrigada, adorei participar do evento! Parabéns ao(s) organizador(es) e a todos participantes, em especial à Mary Jun, vencedora pelo seu próprio mérito! Espero que venham muitos outros! Estou sempre disponível para ajudar no que for possível!
Abraço!
Janna


Enviado por Tópico
ZeSilveiraDoBrasil
Publicado: 19/10/2023 13:08  Atualizado: 19/10/2023 13:08
Administrador
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 1728
 Re: Apuração (BR) ou Apuramento (PT)
.
.
.
Maria, Benjamin, Correa, Sidney; reitero o meu apreço e gratidão por vossas incentivadas manifestações.
Meu abraço caRIOca!

Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 19/10/2023 16:19  Atualizado: 19/10/2023 16:19
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5714
 Re: Apuração (BR) ou Apuramento (PT)
Parabéns a todos os participantes e em especial ao ganhador do feito, o prezado poeta/compositor carioca Zé Silveira.

bjos;