Poemas : 

ao longo de tantos ponteiros roçando no infinito do tempo nu da pura dor...

 
 
Falas roucas de tantos gritos
vestido dores engolidas pelo soluçar
do peito dolorosa é a via crucial
desmedida, sem limites e sem censuras
trans-vestida de amor foi o que sobrou
ao longo de tantos ponteiros roçando
no infinito do tempo nu da pura dor
vislumbrando a tela do teu sorriso
desfalcando cada segundo via cardio
inda digo que é amor vestido de pra sempre...
revestido de poeira da noite negra d'alma
que faz-se nos ecos de minh'alma até hoje
pesando toneladas de corda azul
pela estrada da vida acorrentando
os movimentos frenéticos do coração.

{...}

Feito tempestade navegando no barco
salpicando dores e amor silenciado
pelos escombros do céu caindo
na cabeça de quem ficou
e acreditou que era "dos veras" e ou/ deveras.

(...)

A gigante mancha de sangue
medindo os destroços do avião
sem caixa preta para saber
...os porquês (???)
são perguntas e respostas que foram parar
no arquivo danificado e habitam
no mais gélido dos mármores
que são supostas fontes de verdades
que se bebe todos os dias por ainda acreditar
no amor além das estrelas
que se avizinham á mais perfeit'art do escrever
o sentir na pele a emoção de perder seu único e verdadeiro galardão hoje feito degredo
que um dia se fez pesa-medos na caverna
dos sonhos inacabados no descer
o despenhadeiro ofertados pelas lutas
pois cada acordar é uma vitória conquistada
com sangue, suor e saliva
lendo o livro da vida do amor de uma inteira.

{...}

São pedaços estilhaçados de poesia
juntadas ao longo ampulhetando o tempo
para fazer brotar cada folha de papel em branco
de um final que não foi feliz
que se fez abismo e os ecos de um AMO VC
transformados em voz silenciada
na memória da pele exposta
ao longo do martírio na peleja e percalços
do dia a dia ao longo dos anos e anos sem ti,
passaram-se primaveras inteiras
..."e tu não veio"...

...

By
Ray Nascimento


Do fundo do meu ser; amo te ler; tua amizade e seu amor sincero são refrigero pra minha alma.Te amo Amiga do seu AMIGOMENINO!
Open in new window
Adriel

"Não há saudade mais cortante
do que um grande amor ausente..."
Zé Ramalho
 
Autor
RayNascimento
 
Texto
Data
Leituras
60
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
1
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 02/04/2024 12:13  Atualizado: 02/04/2024 12:13
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1898
 Re: ao longo de tantos ponteiros roçando no infinito do ...
Olá, Ray Nascimento

A vida em todas as suas interrogações
Num corrupio que faz todo corpo latejar
No peito se apertando todas as emoções
Na esperança que um dia possa acalmar!


A vida, não sendo o que se espera, pode sempre ser moldada de forma a atenuar as dores do corpo, e da alma!


Cordiais saudações