Poemas : 

A Coluna Cor-de-Rosa

 
Há momentos que na vida devemos aceitar desafios
Para descobrir mais sobre o nosso ser
E no meio desses momentos podemos encontrar
A história d’a Coluna Cor-de-Rosa.

A Coluna Cor-de-Rosa
Começa com confiança do que se faz
E se vai deslumbrando através das narrativas das histórias
De como os mafiosos da Sicília e os yakusas do Japão
Se encontram nos multi-versos dos nossos espaços-tempos.

E aos poucos sabemos que há coração,
Que há Kokoro, que há actos de humanidade.
Mas também se nota que não há maneira
De transformar ou delegar os recursos
Para erguer a Coluna Cor-de-Rosa.
E mesmo com o tempo, as ancas da Shakira não mente,
As acções constactam em dizer que o mundo está todo errado,
Que tudo está mal, que a cor que falta numa linha, é tudo um erro,
Mina o que é a base da Coluna Cor-de-Rosa …
A Confiança.

Verificar os actos
Implica ter meios para considerar o vero da acção
Retificar,
(essa palavra proibida e maldita),
Implica refazer tudo e corrigir.
Constantemente rectificar tudo e todos
Só mina o que é sagrado
E não ajuda a moldar a Coluna Cor-de-Rosa.

E a infelicidade instala, e o tempo da mente se desfaz,
E os círculos dos reboots surgem,
E… E… E… E… E… a memória deixa de funcionar…
… e surge o Robot da cegueira automático.


O que antes havia confiança em seguir e aceitar desafios
Agora é um mar de dúvidas e caos e dias de absoluto nadismos.
Nada é verbo com oito horas por cinco dias da semana.
É nada sem água que nos afundamos e afogamos
Por entre angústias, tristezas, depressões e esgotamentos…
E o que sobra dessa maldita Coluna Cor-de-Rosa?
Mero sentimento de impotência, incompetência, infortúnio…
Sem nunca ter dado a oportunidade de executar

O que a confiança lhe é exigido
Agora é runas de engenho.
A Nau, essa, tem de largar velas para outros portos
E desconhecido é a nova aventura
Que o internauta terá que descobrir.
E deixar para atrás a Coluna Cor-de-Rosa seguir seu rumo.


P de BATISTA

 
Autor
Batista
Autor
 
Texto
Data
Leituras
63
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 03/04/2024 13:52  Atualizado: 03/04/2024 13:52
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3585
 Re: A Coluna Cor-de-Rosa / Batista
olá P de Batista

há momentos na vida que devemos ler algo como este que aqui partilhas, para que " A Coluna Cor-de-Rosa" siga seu rumo
gostei imensamente do simbolismo e a combinação da palavra "coluna"= verticalidade, suporte destinado a receber peso... com a cor "cor.de.rosa"= emoções, compreensão, encantamento...

obrigada, vem mais vezes

atenciosamente
HC