Sonetos : 

DESENCONTRADOS

 
Tags:  SONETOS 2024  
 
DESENCONTRADOS

Ao atar e desatar de nós, a vida
S’enredou uma trama previsível.
O amor, por fim, tornou-se algo risível
Como qualquer mania descabida.

Semelhante à chegada é a partida,
Meio à névoa no porto do impossível…
Meus olhos marejados creem plausível
Que a própria fuga em si seja a saída:

Na direcção oposta que seguiste
Eu dei rumo a meus passos na esperança
De deixar no passado quanto existe.

E enquanto na distância a gente avança,
Nem sei mais dizer se alegre ou triste
A imagem que te trago na lembrança.

Betim - 15 05 2024


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
149
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
6
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 16/05/2024 18:20  Atualizado: 16/05/2024 18:20
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3674
 Re: DESENCONTRADOS/RicardoC
Olá RicardoC

Quase que podia adoptar este teu poema como meu perfil.
Um bailado de encontros desencontrados . O que vale e sempre fica...o futuro começa hoje

Atenciosamente
HC


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/05/2024 19:12  Atualizado: 16/05/2024 19:12
 Re: DESENCONTRADOS
.


Eu tenho as duas lembranças no passado, a tristeza me faz lembrar como fui uma idiota.


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 17/05/2024 22:44  Atualizado: 17/05/2024 22:44
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18319
 Re: DESENCONTRADOS
Por acaso estou ouvindo Vinícios. Quanta força e delicadeza nas imagens. Bjs