Poemas : 

Phome

 
tão fina

em fios de seda
desfazia-se na retina
turvava a vida
lambendo seu decote
espalhando a solidão devida
para existirmos
e éramos o caminho da seda
a matéria vida
perto do final da rua

nos restos da rosa
despida até a fome


Vania Lopez


Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...

 
Autor
Vania Lopez
 
Texto
Data
Leituras
129
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
7
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AlexandreCosta
Publicado: 05/06/2024 10:43  Atualizado: 05/06/2024 14:37
Super Participativo
Usuário desde: 06/05/2024
Localidade: Braga
Mensagens: 152
 Re: Phome
ph(one me ho)me
como quem não dorme
se acaso a fome
te tome
como quem come
verso
disperso
e depois some
no universo

além do decote
estará o mote
para correr a seda
fina e leda
que é de alma
o tom que acalma
desejo exprime
o despir sublime
da rosa doce
como quem fosse
morrer
e renascer
precoce


Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 05/06/2024 14:09  Atualizado: 05/06/2024 14:49
Administrador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3673
 Re: Phome/ Vania Lopez
olá Vania
"Phome/Phone"
"I just call ", não para que oiças Steve Wonder mas, para dizer que adorei o decote deste escrito, principalmente por ter o osso esterno à vista. tanto pulsar.dá cá uma phome.

beijo

atenciosamente
HC


Enviado por Tópico
Juvenal Nunes
Publicado: 06/06/2024 08:28  Atualizado: 06/06/2024 08:28
Membro de honra
Usuário desde: 28/07/2013
Localidade: Douro Litoral
Mensagens: 539
 Re: Phome
Todas as poesias têm a sua beleza pictórica e esta também não foge à regra.
Abraço amigo.
Juvenal Nunes

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 06/06/2024 16:45  Atualizado: 06/06/2024 16:45
Membro de honra
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 3146
 Re: Phome p/ Vania Lopez
Tão delicado, quase... herege e nu. Leio morte e a guerra que a pariu, ousadia na semi-nudez a contrastar com um olhar envergonhado, um desnorte anunciado e restos de um precipício. Um quadro quase dantesco, mas com laivos de Salvador Dali. Estranhamente, senti cada letra.

Enviado por Tópico
Aline Lima
Publicado: 06/06/2024 23:39  Atualizado: 06/06/2024 23:39
Usuário desde: 02/04/2012
Localidade: Brasília- Brasil
Mensagens: 649
 Re: Phome para Vania Lopez
Olá, Vania.
Seu poema me envolveu em um turbilhão de sensações e imagens. Você transmite emoção de forma cativante. Adorei imaginar o decote e como você explorou temas complexos como sensualidade e solidão de uma maneira única e envolvente. Mal posso esperar para ler o próximo.
Beijos.
Aline.