Poemas -> Amor : 

Vistos os pensamentos

 
Tags:  amor    pensamentos    som    gestos    sublimação    TECER  
 
Visto os pensamentos
que balançam no meu olhar
a ternura dos teus olhos,
o tempo acorda devagar
os sentidos, é primavera
na água fresca do meu rio.
A tarde escreve a ternura
das tuas mãos nas minhas,
bebemos o som dos gestos
em sintonia, os passos
conduzem sem pressa o amor
ao lugar mais alto da sublimação.
Ficamos ali a tecer o amor,
nas margens quentes e rejubilantes
do entardecer, as sombras das ramagens
dançam e os pássaros num gorjeio feliz
esvoaçam como que a celebrar a vida.
Há procissões e sinos que tocam,
e o tempo veste a boca da alma
com palavras de fé e harmonia.
É verão no nosso contentamento,
os lilases pintam as margens do rio,
a água fresca toca a orla do meu vestido
e os teus braços fortes seguram os meus
sorrisos dentro de um abraço.
É primavera dentro do pulmão da emoção,
as flores dançam e perfumam os sentidos
Inebriantes dentro do peito, há uma melodia
a percorrer o âmago do ser, a vestir o som
da sensibilidade dentro dos instantes
e o silêncio é a mímica que nos conduz
em cada olhar, expressão e gesto em sintonia.

Alice Vaz de Barros


Alice Vaz De Barros

 
Autor
AliceVazDeBarros
 
Texto
Data
Leituras
73
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 10/06/2024 17:29  Atualizado: 10/06/2024 17:29
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1971
 Re: Vistos os pensamentos
Olá, AliceVazDeBarros.
Vistos de sonhos, vagueiam ao luar
Em cada sonho novos caminhos
Estrelas guiam esse jeito de andar
Perdidos em sonhos, jamais sozinhos!

Cada sonho é uma aventura única, um capítulo de uma história que só o próprio conhece! Vestir os sonhos é conceder-lhe uma segunda pele!

Muito bom estar de volta!

Cordiais saudações

Alpha