https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

"Tantas de mim"

 
Tags:  amor    saudade    rimas    olhar    silêncio    música    cor    chão  
 
"Tantas de mim"
 
"Tantas de mim"

Às vezes sou precisa como bússola.
Em outras, me perco na vastidão de mim.
Às vezes sou asas imensas.
Em outras, sou chão, raízes firmes.
Às vezes sou âncora segura.
Em outras, um barco a deriva.
Às vezes sou olhar calmo e sereno.
Em outras, todo o espanto nos olhos.
Às vezes, taxativa sou ponto final.
Em outras, um mundo de reticências.
Às vezes, sou o doce do (re) encontro.
Em outras, o amargo sabor da saudade.
Às vezes, a calmaria de águas plácidas.
Em outras, a ferocidade do mar revolto.
Às vezes, sou céu azul e límpido.
Em outras, sou chuva torrencial.
Às vezes, sou cores vibrantes.
Em outras, uma soturna palidez.
Às vezes, sou musica contagiante.
Em outras, abissal silencio se faz.
Às vezes, sou inteira.
Em outras, sou fragmentos.
Às vezes, sou trovas, rimas, e cantos.
Em outras, me calo...
E deixo o silencio falar...


Open in new window


Glória Salles

 
Autor
GlóriaSalles
 
Texto
Data
Leituras
2011
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
35 pontos
35
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/09/2008 21:46  Atualizado: 07/09/2008 21:46
 Re: "Tantas de mim"
Caríssima,
Ah, os antagonismos do ser...Isso é um poema vivo, com a chama da humanidade em seus variados tons!
Bravo!
Bjins, Betha.


Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 07/09/2008 22:13  Atualizado: 07/09/2008 22:13
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2750
 Re: "Tantas de mim" p/ GlóriaSalles
Em cada pedaço de um espelho retalhado pelo olhar, descobres-te e desnudas-te perante quem te lê. Sinto que começo a conhecer-te.

Beijo


Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 07/09/2008 22:27  Atualizado: 07/09/2008 22:27
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: "Tantas de mim"
E NAS VEZES EM QUE ENTRAS NO MSN ÉS UMA DAS PESSOAS MAIS QUERIDAS E AMIGAS QUE JÁ CONHECI. COMO POETA SEM COMENTÁRIOS É EXCELENTE! BEIJOS, NÚRIA


Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 07/09/2008 22:45  Atualizado: 07/09/2008 22:45
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: "Tantas de mim"
Lindo poema Glória Salles, onde o eu está sempre presente assim como o ser, muitas vezes os procuramos como se de um enigma se tratasse

bjs poetisa
A. da fonseca


Enviado por Tópico
FátimaAbreu
Publicado: 07/09/2008 23:14  Atualizado: 07/09/2008 23:14
Colaborador
Usuário desde: 11/06/2008
Localidade: Maricá, RJ
Mensagens: 2395
 Re: "Tantas de mim"
Engraçado como nós, mulheres, nos identificamos umas com as outras...
Em seu texto eu me vi!
Somos muito parecidas...
Um abraço, querida!
Belo texto!


Enviado por Tópico
willians
Publicado: 07/09/2008 23:23  Atualizado: 07/09/2008 23:23
Da casa!
Usuário desde: 18/07/2008
Localidade: são paulo
Mensagens: 240
 Re: "Tantas de mim"
È engraçado viver,neste mundo de contradições,onde tudo é relativo,que se torna curioso.Digo-te poetisa de cinco estrelas,"ser ou não ser,eis a questão..."
Te adoro,parabéns por essa obra de grande valia!


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 07/09/2008 23:36  Atualizado: 07/09/2008 23:36
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: "Tantas de mim"
Sabes Glória?
Às vezes nem sei o que te diga mais relativamente à força e à beleza da tua poesia.
Gosto tanto de te ler, tanto...
Sei querer entrar em exageros és sem dúvidas uma das (poucas pessoas) cuja poesia me entra no sangue e me faz fervilhar.
Não só às vezes... SEMPRE!
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 07/09/2008 23:37  Atualizado: 07/09/2008 23:37
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: "Tantas de mim"
Glorinha,
A multiplicidade de personalidades do poeta que se desnua na verdadeira natureza humana.
Beijinhos
Nanda


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/09/2008 23:50  Atualizado: 07/09/2008 23:51
 Re: "Tantas de mim"
De tanto que já escrevi sobre ti, faltava-me dizer:
És uma mulher forte, corajosa.
Lembras-te: cajado esferográfico. As tuas expressões não têm limites comandadas pela voz do teu coração.
Beijões

Enviado por Tópico
fogomaduro
Publicado: 08/09/2008 00:11  Atualizado: 08/09/2008 00:11
Colaborador
Usuário desde: 06/08/2008
Localidade:
Mensagens: 1478
 Re: "Tantas de mim"
E em todas estas metamorfoses,de corpo e de alma,
nestes espelhos da vida, em águas plácidas ou revoltas, quantas vezes o silêncio é um grito,
um apelo radical ao infinito?

Belo poema.

DM


Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 08/09/2008 00:39  Atualizado: 08/09/2008 00:39
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14967
 Re: "Tantas de mim" P/ GlóriaSalles
QUERIDA Glória

SENTIRES DO ESTADO DA ALMA
SÃO ASSIM, UM MOMENTO LUZ
NO OUTRO A ESCURIDÃO ONDE
OS SENTIMENTOS SÃO ATÉ
INCOMPREENSIVOS PELA RAZÃO

ESTÁ LINDO O TEU POEMA

BEIJINHOS NO CORAÇÃO


Enviado por Tópico
Maura
Publicado: 08/09/2008 01:25  Atualizado: 08/09/2008 01:25
Muito Participativo
Usuário desde: 02/09/2008
Localidade: R/S BRASIL
Mensagens: 88
 Re: "Tantas de mim"
Belíssimo...

Resumindo:

amor x ódio
tristeza x alegria
morte x vida
chegada x partida
noite x dia
e assim por diante...

Expresas tudo isso em seus escritos!

Amei !

Beijos!

Maura*


Enviado por Tópico
RosaMel
Publicado: 08/09/2008 02:35  Atualizado: 08/09/2008 02:35
Colaborador
Usuário desde: 13/06/2008
Localidade: Porto Alegre
Mensagens: 515
 Re: "Tantas de mim" p/ GloriaSalles
Querida poetisa, Teus versos são fortes e envolventes, e arrastam feito um turbilhão de sentimentos.

"Em outras, me calo...
E deixo o silencio falar..."

É neste ponto aí em que teu poema é mais forte pois nos leva a imaginar o que mais dirias.
Adore!!!
RosaMel.
beijos meus.


Enviado por Tópico
ellianaalves
Publicado: 08/09/2008 04:07  Atualizado: 08/09/2008 04:07
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2008
Localidade: Petrolina-PE
Mensagens: 567
 Re: "Tantas de mim"
Às vezes, sou trovas, rimas, e cantos.
Em outras, me calo...
E deixo o silencio falar...


Sinto-me assim tb,não to querendo
mais fazer poeminhas,aí nu sei viu...
bjsss linda bom dia!


Enviado por Tópico
jaber
Publicado: 08/09/2008 12:19  Atualizado: 08/09/2008 12:19
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 2802
 Re: "Tantas de mim"
és tantas numa, mulher de mil mistérios...como toda mulher deve ser para que a busca dela seja eterna...

Um Beijo


Enviado por Tópico
Batista
Publicado: 09/09/2008 19:46  Atualizado: 09/09/2008 19:46
Super Participativo
Usuário desde: 02/10/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 176
 Re: "Tantas de mim"
E mesmo assim, és o todo de todas, a ferver de emoções e quase nunca a não individualiadade dos sentimentos...


Enviado por Tópico
Lustato
Publicado: 16/09/2008 21:09  Atualizado: 16/09/2008 21:09
Da casa!
Usuário desde: 27/05/2008
Localidade: Teresina - Timon - Piauí - Maranhão
Mensagens: 324
 Re: "Tantas de mim"
"Às vezes, sou céu azul e límpido. Em outras, sou chuva torrencial."
(Glória Salles)


Parabéns, minha amiga.
Pra você, um fragmento de um lindo poema
de Almir Sater,
com carinho.

Lustato
Open in new window



Enviado por Tópico
asv
Publicado: 16/05/2009 11:32  Atualizado: 16/05/2009 11:32
Super Participativo
Usuário desde: 14/02/2008
Localidade:
Mensagens: 106
 Re: "Tantas de mim"
Dualidade, variedade...

Ou a soma das metades, como diria Oswaldo Montenegro.

Ou, simplesmente, a minha variedade:

Há momentos em que te transformas em água fresca, e és água fresca.

Há alturas em que vestes o coração de ternura, e és ternura.

Há dias em que te despes em afecto, e todos os afectos somados parecem pouco ao pé de um dos teus afectos.