https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Visto-me de Poesia

 
Tags:  poesia    palavras    sentimentos  
 
Sou assim…
Meia insana e louca,
Sem juízo, imperfeita,
E com tanto que dizer.
Calo-me na imensidão
De palavras vãs
E conjugo o verbo Sentir
Como se de algo meu se tratasse.
Impura e insensível
Desgasto a palavra
Com traço incerto,
E perante a insatisfação
Prosto-me quieta
E no silêncio da madrugada
Visto-me de poesia.
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
994
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
8
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 21/09/2008 02:20  Atualizado: 21/09/2008 02:20
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Visto-me de Poesia
Que insanidade boa, que falta de juízo
mais responsável, perfeição são tuas
palavras. Adorei Verinha! Bjs

Enviado por Tópico
JPAnunciação
Publicado: 21/09/2008 02:22  Atualizado: 21/09/2008 02:22
Luso de Ouro
Usuário desde: 18/06/2008
Localidade: Évora / Lisboa
Mensagens: 250
 Re: Visto-me de Poesia
Vera,
Como me agradou esta indumentária nocturno com vestiste este teu poema. Trajaste com poesia a madrugada.
Já ia tendo saudades.

Bjs,
João Paulo

Enviado por Tópico
jessébarbosadeolivei
Publicado: 21/09/2008 12:21  Atualizado: 21/09/2008 12:21
Da casa!
Usuário desde: 14/09/2008
Localidade: SALVADOR, Bahia ---- BRASIL
Mensagens: 368
 Re: Visto-me de Poesia
então a vida se eiva de magia.
muito lírico o seu poema.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 21/09/2008 12:54  Atualizado: 21/09/2008 12:54
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Visto-me de Poesia
Verinha,
e sabes-te vestir, minha linda.
Beijinhos
Nanda

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/09/2008 13:31  Atualizado: 21/09/2008 13:31
 Re: Visto-me de Poesia
Vera,
Você se veste de poesia lindamente!
Beijo.

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 21/09/2008 14:29  Atualizado: 21/09/2008 14:29
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Visto-me de Poesia
E haverá melhor "roupa" que a poesia?

Ficas linda assim vestida.

Bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/09/2008 00:30  Atualizado: 26/09/2008 00:30
 Re: Visto-me de Poesia
O “Vestir-se de poesia” nesse exemplo traz a insanidade do sujeito poético, e traz no seu paralelismo palavras atadas entre a loucura e a subjetividade à moda lusa (bem naquela verossimilhança interna, pessoal), onde, nas horas mortas despe toda a exterioridade de vida e se transfigura na figura poética por excelência. A sua virtuosidade verbal faz a diferença para outros autores pelo apelo de tuas palavras constituindo num forte na sua poética, algo que para além de sentido pode ser (porque não) estudado.

Beijos e saudações de Godi.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 26/09/2008 23:50  Atualizado: 26/09/2008 23:50
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Visto-me de Poesia
Gosto quando te vestes de poesia e te despes de preconceitos

Beijo