https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Renovação

 
Tags:  tristeza    versos    triste    renovação    azar    fortuna  
 
Minha vida é roda da fortuna
Viciada desde o início.
Nunca olhaste para mim.

Enquanto a roda roda,
Não pára enquanto não pára
No azar mais azarado.

Este é o princípio do fim,
Em que com tristeza recomeço,
Uma nova vida de mais do mesmo.

Renovo-me agora a cada dia,
Mais reinventado a cada hora,
Mas não noto diferença.

Contínuo triste...
Contínuo a fazer versos...
E roda a roda outra vez.



11 de Outubro de 2008
 
Autor
AntonioCarvalho
 
Texto
Data
Leituras
554
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gothicum
Publicado: 11/10/2008 22:26  Atualizado: 11/10/2008 22:26
Da casa!
Usuário desde: 21/09/2008
Localidade: Galáxia de Andrômeda
Mensagens: 427
 Re: Renovação
Muito sentimento.