https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Altar

 
Jocosa serventia esta
De estar
No alto do palácio
De coroa e avental
A falar de Santa Luzia...

Disse-me Lúcia
Que a luz
É breve
Leve
Mais que meus pés
E viver
Esta vida
É sofrer
Dos pobres
A paixão de Madalena
Que serena se fez
Antes de servir
O pão do Diabo
Que eu amassei
E tu
E todos
Menos nós

Deita-me
E ajusta-me o avental...
Ceifa-me agora
Criada
Senhora

 
Autor
AntonioCarvalho
 
Texto
Data
Leituras
727
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.