https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Um poema diluído

 
Tenho os sons de uma boa música. Tenho o ardor de a sentir como minha mesmo sabendo que não é… Envolvo-me nessa onda de frescura e aprecio a sua loucura que me encanta e me eleva aos píncaros dos desejos.
Tenho um poema que dança no meu coração. Sinto-o e sei que não é só meu.
Tenho as palavras que percorrem o meu corpo e se alongam no imaginário do meu mundo por acontecer.
Eis o meu poema diluído!
Poema que amo em segredo e onde me perco nas profundezas do anseio dos sentidos. Destemidos. Ébrios pela fragrância de um amor quase prometido.
Poema grito de liberdade ou voz húmida de lágrimas roucas, quase surdas que o silêncio prende em rituais escondidos.
Tenho as amarras dentro de mim, assim bem juntas aos versos, que flutuam neste poema de corpo e alma do que me resta…
Poema tatuado. Germinado. Jamais apagado.
Tenho os sons do grito dado no calor da emoção da loucura de estar num corpo diluído!
Tenho um texto perdido, na prosa que era para ser um poema, guardado, escondido, neste gesto assumido.
Resta-me pouco…
Resta-me este meu poema diluído. Decrépito. Culpado.
Eis o meu poema diluído!


Escrevo…para libertar as personagens que não consigo Ser!
________________________________________
http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/

http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/



 
Autor
Paulo Afonso Ramos
 
Texto
Data
Leituras
947
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
31 pontos
15
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 02/11/2008 22:14  Atualizado: 02/11/2008 22:14
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Um poema diluído
Um poema diluído em muita tristeza e conformismo.
Um poema terno que sinto concentrado.

Bjs

Enviado por Tópico
ailtoninweb
Publicado: 02/11/2008 22:21  Atualizado: 02/11/2008 22:21
Da casa!
Usuário desde: 02/08/2008
Localidade: Rio de Janeiro - Brasil
Mensagens: 203
 Re: Um poema diluído
Boa noite, amigo Paulo.

Muito bom o teu poema diluído. Parabéns!

Gostei também muito do Site

http://www.almacarioca.net/

Da Escritora Lu Dias,

Do perfil que não é meu, mas tem o mesmo nome: Ailton Ferreira

Se em algum momento desagradei a tantos, não seria mais sincero e prático enviar uma PM ou e-mail?

Por que ninguém o fez?

Por que me insultam de todas as formas possíveis ,se em nenhum comentário insultei alguém?

No meu perfil está escrito: Interesses: Amizade.








Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 02/11/2008 22:32  Atualizado: 02/11/2008 22:32
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12086
 Re: Um poema diluído
Lindo este texto, poema diluido, diria sentido.



Beijos

Enviado por Tópico
isabel santos
Publicado: 02/11/2008 23:45  Atualizado: 02/11/2008 23:45
Super Participativo
Usuário desde: 30/12/2007
Localidade: s. jorge...açores
Mensagens: 167
 Re: Um poema diluído
VOU COMPRAR O LIVRO

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/11/2008 00:01  Atualizado: 03/11/2008 00:01
 Re: Um poema diluído
Tu não escreves, esculpes obras de arte!
As tuas palavras sempre tiveram relevância para quem as lê .
Elas brotam do papel porque são livres e voam até ao coraçao de quem as lê .
Apenas perduram no papel para que outros possam ter a alegria de te Ler!

Paulo...continua a ser o que és e o que sempre foste...

GBjo

Lua-Mor

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 03/11/2008 01:02  Atualizado: 03/11/2008 01:02
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: Um poema diluído
De olhos e mãos abertas,
dou-me a essa leitura sem par...
O melhor, Paulo, que o Paulo é o melhor
de si.
Meu amigo, que poema!!!!

Um beijo meu, dos melhores!

Amora

Enviado por Tópico
isabel santos
Publicado: 03/11/2008 16:42  Atualizado: 03/11/2008 16:42
Super Participativo
Usuário desde: 30/12/2007
Localidade: s. jorge...açores
Mensagens: 167
 Re: Um poema diluído
Tenho um poema que dança no meu coração. Sinto-o e sei que não é só meu.


EU TB ...beijo no teu coraçao

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/11/2008 20:28  Atualizado: 03/11/2008 20:28
 Re: Um poema diluído
Querido Paulo, seu poema diluído me fez viajar nesta quimica substancial que é o amor correspondido, mesmo sentindo vc e sabendo que não é meu. Bjo na tua essência linda!