Poemas : 

Não tente

 
Não tente
 


Não tente ver minha alma
Em meio às palavras que escrevo
Pois minha alma está
Nas palavras não ditas
Nas entrelinhas do meu pensar

Não tente me compreender sem me ver
Pois muito do que sou
Está a mostra em meu olhar
No timbre da minha voz
No silêncio que as vezes faço

Não tente decifrar meus segredos
Pois eles não serão revelados
Pois se escondem no mais profundo de meu ser
Nas minhas peripécias desenvolvidas
Na magia que me cerca

Não tente mudar o que sou
Pois só mudo se for de minha vontade
Então me aceite como sou
Com meus defeitos e meus mistérios
E da forma como eu me entrego ao amor

 
Autor
shirley
Autor
 
Texto
Data
Leituras
3055
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gothicum
Publicado: 06/11/2008 08:36  Atualizado: 06/11/2008 08:36
Da casa!
Usuário desde: 21/09/2008
Localidade: Galáxia de Andrômeda
Mensagens: 427
 Re: Não tente
"Não tente mudar o que sou
Pois só mudo se for de minha vontade
Então me aceite como sou
Com meus defeitos e meus mistérios
E da forma como eu me entrego ao amor"

Eu aceito como é logo que não pare de escrever, este vai já para os favoritos. Obrigado por escrever e partilhar.


Enviado por Tópico
Marco
Publicado: 06/11/2008 19:10  Atualizado: 06/11/2008 19:10
Da casa!
Usuário desde: 18/03/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 213
 Re: Não tente
Bonito e reflexivo poema! Gostei muito de ler e identifico-me com ele.


Parabéns!