https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

SEGREDO

 
Open in new window


Que quero, quando quer, por prazer,
Que deseja insana mente,
Meu corpo ao sol poente,
meu calor te dando prazer.

Que quer, quando quero,
Que invade corpo ausente,
embriagado de prazer,
já não controlo minha mente.

Que queremos, já não mente,
já que o corpo, grita êxtase.
Que queremos já fazemos.

Que brincamos, que ousamos,
dito proibido, já pecamos.
E o segredo não contamos.


by

S_Adverso

 
Autor
ADVERSO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
420
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.