https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

Saciando a saudade

 
Tags:  saudade    corpos    saciar  
 
 
Video: Daniela Mercury-Nobre Vagabundo


Quanto tempo tenho, afinal
Para saciar esta saudade
Um minuto, um dia,
A perpetuidade?

Flutuo no labirinto do tempo,
Não sinto a terra macia,
Mas sinto loucamente
O pulsar do coração
Incontrolado,… felino
Como se ansiasse voar
Planar a concavidade da terra
Penetrar na cratera incandescente
Do âmago magmático existencial
Em vivências temporais equidistantes
De existências predestinadas
Em junções consequenciais
De desnudos corpos ébrios
Bebendo a loucura do amor
Vivendo a liberdade do momento
Desfalecendo em pleno sacrilégio.

Escrito a 13/11/08


 
Autor
Liliana Jardim
 
Texto
Data
Leituras
1741
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
10
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/11/2008 22:58  Atualizado: 18/11/2008 22:58
 Re: Saciando a saudade
Teu nome devia ser Lindiana de tão linda que és.
Mas, vamos ao poema: inteligente, denso, profundo e sensual.Apreciei e muito me identifiquei com ele.
Bjins, Betha.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 18/11/2008 23:11  Atualizado: 18/11/2008 23:11
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Saciando a saudade
Que belo poema, Liliana, que maravilha!
Destaco...

"Flutuo no labirinto do tempo,
Não sinto a terra macia,
Mas sinto loucamente
O pulsar do coração
Incontrolado,… felino
Como se ansiasse voar
Planar a concavidade da terra
Penetrar na cratera incandescente
Do âmago magmático existencial"
Um beijo e tudo de bom para ti
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
Fátima Rodrigues
Publicado: 18/11/2008 23:22  Atualizado: 18/11/2008 23:22
Da casa!
Usuário desde: 03/07/2007
Localidade: Setúbal - Portugal
Mensagens: 490
 Re: Saciando a saudade
Ai a saudade, que tanta vez nos arrasa a alma maltratando o coração!
Lindas palavras as suas. Gostei imenso

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 18/11/2008 23:48  Atualizado: 18/11/2008 23:50
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Saciando a saudade
Levei tempo a pôr o comentário li e reli...fiquei aqui presa, não sei se foi à saudade!?
Vou levar o poema...está lindo!
Um beijo muito grade

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 18/11/2008 23:49  Atualizado: 18/11/2008 23:49
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: Saciando a saudade P/ Liliana Maciel
OI QUERIDA AMIGA Liliana

MUITO LINDO TEUS VERSOS

"Flutuo no labirinto do tempo,
Não sinto a terra macia,
Mas sinto loucamente
O pulsar do coração
Incontrolado,… felino"

PODE-SE NO TEMPO SE PERDER
COMO NUM LABIRINTO, MAS A RAZÃO
VOLTA QUANDO SENTE O CHÃO DA SAUDADE

PARABÉNS!

BEIJINHOS NO CORAÇÃO

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 19/11/2008 09:32  Atualizado: 19/11/2008 09:32
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: Saciando a saudade
Por vezes não saciamos a saudade, mas alimentamos a dor dela...
O poema é lindíssimo Liliana

Beijinhos

Enviado por Tópico
Gothicum
Publicado: 19/11/2008 11:31  Atualizado: 19/11/2008 11:31
Da casa!
Usuário desde: 21/09/2008
Localidade: Galáxia de Andrômeda
Mensagens: 427
 Re: Saciando a saudade
"A felicidade é a única coisa que podemos dar sem possuir."
Voltaire

Quando se ama intensamente a vida é mais simples. Obrigado por escrever e partilhar este excelente escrito.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 19/11/2008 13:23  Atualizado: 19/11/2008 13:23
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: Saciando a saudade
Lindo poema...

Beijos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/11/2008 01:17  Atualizado: 22/11/2008 01:17
 Re: Saciando a saudade
Profundamente denso.Uso de metáforas pouco usuais o k lhe confere uma força incomum.No final um poema sensual e profundo. Parabéns amiga
Beijo azul...Sempre!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/11/2008 09:30  Atualizado: 22/11/2008 09:30
 Re: Saciando a saudade
Querida Liliana (este aparelho emenda tudo)Li, reli, refleti, e vou reler muitas vezes, achei líndíssimo seu poema. Não adianta tentar contar o tempo, num tempo que não tem conta,onde mora a saudade.beijos.Ulysses