https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim

 
O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
 
Menina ilusão
sonhava de dia,
tinha medo da noite
fugia, corria
em segredo
da cara de papão
que à noite
para ela sorria.

Em busca do príncipe
caia em trambolhão
mas ninguém a via
numa nódoa negra
bem no meio dos olhos
em brilho de estrela
para ela
era luz que reflectia.

Muito triste,
apareceu um sapo
que não a viu.
A bruxa Mim,
mexeu no caldeirão
uma porção
e deu-lhe...
E Alberto o sapo verde
em toques de vento,
do dragão caiu,
num belo príncipe lampião
se transformou
com ela casou.

E o Alberto o sapo verde
não voltou...
criou a beleza que
em realeza de coroa
sentado no cavalo
por prados
para ela corria.

A maldade se foi
o medo acabou
ficou a bondade
singela em magia
sorria, sorria.
Quem um dia a viu,
já não a via.

A bruxa mim que lhe deu a
porção, perdeu-se no tempo,
já não existia...
Chegou deveras a alegria
o amor para ela
em flecha corria.

Apenas singela sorria
era uma princesa
da noite para o dia.












Cristina Pinheiro Moita /Mim/

 
Autor
mim
Autor
 
Texto
Data
Leituras
891
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
26
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 23/11/2008 15:36  Atualizado: 23/11/2008 15:36
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Oh, que poema tão querido, MIm
Adorei...
Aqui fica um versos para o nosso Alberto também em forma de comentário.

É no seu sorriso aberto
Na sua amizade firme e sã
Que nós sonhamos os versos
E gostamos de andar por cá!
Beijos, Mim, para ti e para o nosso Alberto

Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 23/11/2008 15:42  Atualizado: 23/11/2008 15:42
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Essa bruxa e esse sapo são bons amigos que a gente tem aqui na Luso, o resto é a história...
Diverti-me Mimzinha!
Beijinhos para ti e Alberto
Nanda


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 23/11/2008 15:46  Atualizado: 23/11/2008 15:46
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
E os dois são avistados lá no Luso-poemas,
e ele aos domingos prega peças nos leitores,
eita sapo danado! Beijos!


Enviado por Tópico
De Moura
Publicado: 23/11/2008 16:06  Atualizado: 23/11/2008 16:06
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2007
Localidade: USA / NJ
Mensagens: 752
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Olá, que lindo poema!!! devia de estar era nos de Humor.
Com que então o Alberto é sapo. Ai, mas esse sapo é muito especial, com um coração grande e lindo.

Parabéns pelo poema, um beijinho e um bom domingo.

Cina


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 23/11/2008 16:46  Atualizado: 23/11/2008 16:46
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Bem humorada, inteligente e bem montada!Merece aplausos!


Enviado por Tópico
Alberto da fonseca
Publicado: 23/11/2008 17:56  Atualizado: 23/11/2008 18:16
Colaborador
Usuário desde: 01/12/2007
Localidade: Natural de Sacavém,residente em Les Vans sul da Ardéche França
Mensagens: 7113
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
ò bruxa de trazer por casa.
Nada de lampiões nem de dragões Tenho luz suficiente e calor também.

Lindissimo, adorei, bem estruturado, bem escrito e para mim, pleno de emoção.
Obrigado Mim, continue a me chamar sapo, não me importo mesmo nada. Os que me tratam dessa maneira, é porque sentem cá pelo velhote muita tenura e amizade.
Neste caso, até lhe perdoo ser do Benfica e mesmo sabendo que uma votória do Benfica, hoje, não interessa ao Sporting, desejo-lhe uma boa vitoria.

E viva o...Sporting!
Beijinhos grandes Mim

A. da fonseca

A Vony, àguia de asas cortadas, por favor não se meta com o Leão, lembre-se que um Leão assanhado... é capaz de l lhe fazer um beijinho


Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 23/11/2008 18:55  Atualizado: 23/11/2008 18:55
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
MiM,

Achei engraçado e muito bem escrito, sugiro que escrevas contos infantis tens imenso perfil ,

Beijinhos

Luisa Raposo

* A bruxinha MiM pra mim é mais uma Fada


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 23/11/2008 19:01  Atualizado: 23/11/2008 19:01
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Engraçadíssimo poema cheio de alusões a lampiões, sapos que são verdes e dragões.
Ainda bem que sou pastel.
Gostei.
Beijinho


Enviado por Tópico
MarciaOliveira
Publicado: 24/11/2008 00:18  Atualizado: 24/11/2008 00:18
Da casa!
Usuário desde: 27/07/2008
Localidade:
Mensagens: 432
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Poeminha encantado esse! Uma graça. Adorei.
Carinho,
Márcia.


Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 24/11/2008 22:45  Atualizado: 24/11/2008 22:45
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Adorei o poema Mim! Está uma ternura do início ao fim e o nosso Poeta Alberto merece todas as homenagens

Um beijo grande aos dois


Enviado por Tópico
zizo
Publicado: 26/11/2008 22:33  Atualizado: 26/11/2008 22:33
Da casa!
Usuário desde: 10/10/2008
Localidade:
Mensagens: 216
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Muito bonito mim!
Gostei de ler tanta fantasia e sonho.

Beijo

Enviado por Tópico
zizo
Publicado: 26/11/2008 22:38  Atualizado: 26/11/2008 22:39
Da casa!
Usuário desde: 10/10/2008
Localidade:
Mensagens: 216
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Muito bonito mim!
Gostei de ler tanta fantasia e sonho.

Beijo

edit: Comentei duas vezes e nem sei bem como...



Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/11/2008 23:21  Atualizado: 27/11/2008 14:16
 Re: O Alberto o sapo verde e a bruxa Mim
Querida Poetisa Mim, o teu poema está uma graça, mas não me contive; tive que fazer também a minha graça. me perdoa?

albert, (é mais chic) ó sapo verde
grande bruxo escrevedor de poesias
rei da lagoa levando uma vida sã
oportunando uma distração da bruxa
foi preparar uma magia renovadora
transformou-a numa pequenina rã.

um beijo e afeto.
Silveira