(1) 2 3 4 ... 25 »
Offline
mim
Meu caro Aleixo
Volta aqui, amigo Aleixo! Olha bem para este mundo, Nesse puro sem desleixo Acorda o que está imu...
Enviado por mim
em 15/07/2015 15:39:22
Offline
mim
A rosa dos bem-me-queres
Já colhi os malmequeres Que o meu amor me deixou Em cada pétala do queres Meu coração desfolhou ...
Enviado por mim
em 10/07/2015 08:11:58
Offline
mim
A peixeira Silvina
Recordo aquela peixeira Que vivia na minha rua Trazia os filhos em prosa E um carrinho de ro...
Enviado por mim
em 08/07/2015 00:00:24
Offline
mim
Desígnios
Poderia dizer que sou e vou ser tanta coisa, Mas gosto mesmo, é de ser: quem eu sou! Assim sem co...
Enviado por mim
em 30/06/2015 08:46:48
Offline
mim
Onde voam os passarinhos
No regresso da primavera Belas camponesas partiram Subiram na bela da hédera Com o Aleixo prosseg...
Enviado por mim
em 28/06/2015 18:28:36
Offline
mim
Retrato de poesia
Há quem tenha a mestria de enganar a poesia, e com ela coser meias. «Na poesia que canta, Fica-...
Enviado por mim
em 09/06/2015 13:58:19
Offline
mim
Já nasceram as gerberas
Já nasceram as gerberas Plantadas no meu jardim, Se as olho têm quimeras Aqui bem dentro de mim....
Enviado por mim
em 30/05/2015 22:55:14
Offline
mim
Maria
Maria teu nome é bala Despida de manta e chão, Cravo. Saudade que embala Nas letras do coração. ...
Enviado por mim
em 26/04/2015 00:47:15
Offline
mim
Pássaros Negros
Andam aqui pela rua Muitos pássaros a voar, De preto receiam a pua Com as capas a adejar. Nesta ...
Enviado por mim
em 21/04/2015 18:53:44
Offline
mim
Qualquer dia...
Quando escrevo é a brincar Não levo nada disto a sério, Qualquer dia vou embarcar Num poema de ce...
Enviado por mim
em 21/03/2015 19:54:47
Offline
mim
Buá Buá
Aquele quadro do menino Com a lágrima a gotejar Faz-me lembrar um leonino Por um frango a chorar....
Enviado por mim
em 18/02/2015 18:49:29
Offline
mim
A minha graça
A minha graça é Cristina, Maria como tantas sou! A Cristina era mais fina, A Maria pouco engordou...
Enviado por mim
em 15/02/2015 18:37:38
Offline
mim
Mentalidades rimadas
Não entendo quem condene As rimas das misturadas, Que um dia alguém as interne Ou as deixe empare...
Enviado por mim
em 08/02/2015 17:06:04
Offline
mim
Castelos de areia
Descalça pelas areias Pisei castelos na praia, Sonhei dragões e sereias Fantasiei minhas aias. B...
Enviado por mim
em 03/02/2015 14:03:14
Offline
mim
Orixá
Meu amor és um docinho Tens cara de chocolate Apetece-me dar-te um beijinho, Mas ainda vou lambuz...
Enviado por mim
em 26/01/2015 23:31:36
Offline
mim
Menina do cais
Sou muito mais que uma história Que uma pedra na calçada, Sou um universo de memória Nesta minha ...
Enviado por mim
em 24/01/2015 19:13:54
Offline
mim
Era o Santo Joaquim
Era o Santo Joaquim Que ia em cima do andor Santo que admiro em mim De tanto o louvar de amor Sa...
Enviado por mim
em 18/01/2015 19:04:27
Offline
mim
Ser poeta
Ser poeta É aquilo que não sou! O poeta é doido varrido Diz tudo o apetecido E ainda se sente na...
Enviado por mim
em 17/01/2015 23:28:46
Offline
mim
FELIZ 2015
Ao velho e ao novo Ao vento que vem Ao vento que fica Ao a (mar) que(in)quieta Ao negro que fita...
Enviado por mim
em 31/12/2014 14:56:33
Offline
mim
Nasce o Natal
O homem chora e lá no fundo do quintal Nasce o Natal! Nasce o Natal em nós… Nasce a magia… Que f...
Enviado por mim
em 24/12/2014 11:15:24
(1) 2 3 4 ... 25 »