https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

O medo da negação

 
Os meus ohos saltam de telhado em telhado,
Por esta janela,
Penso nela,
A toda a hora,
Há bocado, há bocadinho e agora,
Vejo-a em todo o lado,
E digo-a em cada sopro...

Ocupo o meu pensar,
Com a que quero amar,
E distraio-me durante o dia,
Passam as horas, queimo minutos,
Em troca de alegria,
O que eu queria...

Martelo mais um pouco,
Este homem louco,
Que só pensa em amor,
E doi a martelada,
De tanto pensar na coitada,
Que nem sabe que é pensada,
Porque ainda nâo lhe disse nada...

Os meus medos falam comigo,
Será que consigo, será?
E palavras que não digo,
Transformam-se em sofá,
Onde me sento e adormeço,
Onde esqueço,
Que te quero...


Obrigado a tudo o que me inspira.

 
Autor
Ruben
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1255
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 24/04/2007 11:03  Atualizado: 24/04/2007 11:03
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: O medo da negação
Gostei do poema, e apesar de ser de amor... fez-me rir um pouco com a história da martelada

Beijinhos

Enviado por Tópico
Tytta
Publicado: 24/04/2007 12:23  Atualizado: 24/04/2007 12:23
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2007
Localidade: Portugal
Mensagens: 790
 Re: O medo da negação
Amigo Ruben,
um bonito poema marcado pelo que se quer,
desiludido pelo que não se tem!
Jinhos, Tytta

Enviado por Tópico
goretidias
Publicado: 25/04/2007 11:38  Atualizado: 25/04/2007 11:38
Colaborador
Usuário desde: 08/04/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 1237
 Re: O medo da negação
O medo se afastará e o querer se fará ser...

Enviado por Tópico
Filipa Ferreira
Publicado: 26/04/2007 02:58  Atualizado: 26/04/2007 02:58
Participativo
Usuário desde: 08/03/2007
Localidade: Serra de Montejunto
Mensagens: 29
 Re: O medo da negação
Dúvida com humor!
Excelente!
Gostei muito destas linhas. Muito mesmo!
Descrever um sentimento de dúvida com entrelinhas de humor.. divinal!



Abraço sem martelada para ti eheh :P