https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Ópera do Mendigo

 
Tags:  poesia    natal    mendigo    ruben  
 
Por entre copos de bebida
E entre a gente adormecida,
Caiem as luzes na cidade.

A lua despida,
Farol de navegadores,
Lâmpada do tecto acesa para todos os moradores.

Enquanto os inquilinos da praceta
Se amontuam na sarjeta,
Passam carros calados, mudos.

Uns com tantos euros
E outros nem têm escudos...

O natal cá fora é frio.


Obrigado a tudo o que me inspira.

 
Autor
Ruben
Autor
 
Texto
Data
Leituras
956
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.