https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ruínas

 
Tags:  sonho    ausência    ruína  
 
Recorto esta longitude
E deito-me nos alicerces
Calcificados pela espera
Que o tempo crucifica
(e mortifica-me)
Pela dor da tua ausência
E desdém do teu olhar.

Escondo-me do mundo
E respiro no sonho
Onde me abarcas
E monopolizas os gestos
Que imagino teus.

Sobrevivo arruinada
Num mundo paralelo,
E quem me vê
Não me conhece.

(Não passo de uma mentira
Que inventei
Apenas para estar viva)


E a verdade reconcilia-me
Com a ruína…

 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
1122
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
9
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/12/2008 15:49  Atualizado: 17/12/2008 15:49
 Re: Ruínas
Depois de 3,4 leituras acho-o melhor... o poema traz a reboque uma série de idéias que necessitam de maturação para o leitor, o que é excelente...
Encaixo-me na penúltima estrofe.

Venha mais.

Bj.

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 17/12/2008 15:57  Atualizado: 17/12/2008 15:57
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: Ruínas
Vera gostei imenso deste teu trabalho,
destaco,

(Não passo de uma mentira
Que inventei
Apenas para estar viva)

Talvez porque estas tuas palavras se tenham desenhado em mim...


beijo

Luisa Raposo

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 17/12/2008 16:27  Atualizado: 17/12/2008 22:27
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Ruínas
Este não só é um belo poema como é daqueles que
nos faz sentir que tem qualquer coisa que faz parte de nós, como se falasse de sensações (já vividas e sentidas) por quem o lê...
Há uma tristeza latente nestas palavras que aumentam a beleza que encerram.
Beijo, Vera.
Vóny FerreiraOpen in new window

Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 17/12/2008 20:06  Atualizado: 17/12/2008 20:06
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Ruínas
Um dos melhores textos que estão desfilando aqui hoje!Adorei.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 17/12/2008 21:47  Atualizado: 17/12/2008 21:47
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12082
 Re: Ruínas
Um poema para ler e reler ...pleno de sentimentos, excelente.

Beijos

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 17/12/2008 23:08  Atualizado: 17/12/2008 23:10
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Ruínas
Vera
Dentro da nostálgia destas ruínas uma imensa beleza.
Gostei imenso do poema, nem digo mais nada.
Vou levar!

Beijos doces

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/12/2008 15:58  Atualizado: 18/12/2008 15:58
 Re: Ruínas
Imagino suas composições como um livro raro encontrado numa biblioteca, entre diversos autores, que pelos seus motivos não atingem tal engenhosidade, qualidade literária e seriedade feito a suas obras, querida Vera. Sugestões de alguma modificação textual de algum verso? De forma nenhuma, porque isso é algo que somente o poeta dono do verso sente e põe da forma que o deseja. Está tudo muito bom e pronto! Parabéns, beijos e saudações godianas.

Enviado por Tópico
AntóniodosSantos
Publicado: 20/01/2009 15:47  Atualizado: 20/01/2009 15:47
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1005
 Re: Ruínas
Vera

Um poema de «verdade»... e de EXCELÊNCIA...

Adorei...parabéns...



Com um Xi-coração do Amigo
António dos Santos

Enviado por Tópico
orlandoulisses
Publicado: 26/01/2009 16:08  Atualizado: 26/01/2009 16:08
Participativo
Usuário desde: 25/05/2008
Localidade:
Mensagens: 18
 Re: Ruínas
li todos teus poemas e este é talvez o meu preferido!,gosto da maneira simples e profunda como retratas os teus sentimentos!mereçes publicar 1 livro,tens talento pra escrever!!