https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

alma

 
sei que sou como vagalume,
beiro estrada serras e mato,
e como sol que arde e luze,
mesmo anoite,indireto ato.

brilho e apago ,meu pensamento.
o amor que ora incandeio,
noutra é simples esquecimento,
como meu caminho que candeio.

é como asolidão que escuto,
silêncio por demais ensurrecedor,
é como minha alma,prescuto
o fogo cego,avassalador


POUCO SEI DA ARTE DA ESCRITA POREM DO NADA QUE LEIO DO MUITO QUE VEJO E DAQUILO QUE NAO ENTENDO SOMENTE APRECIO A UNICA CERTEZA AMO POESIA

 
Autor
daywyston
Autor
 
Texto
Data
Leituras
442
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.