https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Cantigas de amor/ a volta do correio.

 

Espero ainda pela tua carta,
Olho todos os dias a janela
Na hora em que o correio chega
Ansioso por ler o que me revela

O carteiro vem longe na bicicleta
Trinando a campainha no seu andar
Logo corro na ânsia que corrói
Desesperado pela carta lhe perguntar

Ele acena-me com a cabeça
Que não, ainda não foi desta.
Triste, fecho-me no meu casulo,
Amanhã, é a esperança que me resta.

O teu amor sabe-me sempre assim,
A dia seguinte, epilogo adiado
Seara que já ninguém cuida
Nessa ânsia de ser por ti amado

Espero ainda e sempre pela tua carta
Meu amor, aconchega-me a esperança
D’essa carta que ainda há-de vir,
Que espero assim na serena lembrança

Do teu sorriso e do olhar eterno
Que me lançaste no dia da romaria
Da tua voz trinada, na promessa
Tão terna, que guardo ainda a melodia
 
Autor
jaber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1507
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
14
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/02/2009 23:46  Atualizado: 15/02/2009 23:46
 Re: Cantigas de amor/ a volta do correio.
As tuas cantigas são muito bonitas, bem rimadas e ternas, Jaber!Expressas doçura comovente que chego a crer que tens um coração de purista.
CaBjins, Betha.


Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 16/02/2009 12:17  Atualizado: 16/02/2009 12:17
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: Cantigas de amor/ a volta do correio.
Quem espera desespera mas não é o caso, agora regredi no tempo e vi-me crianças vendo o carteiro na sua bicicleta parece que foi ontem, lindo poema, beijinhos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/02/2009 14:07  Atualizado: 16/02/2009 14:07
 Re: Cantigas de amor/ a volta do correio.
é tão triste ficarmos a espera de algo, e esse algo não chega, triste e sentimental. bj


Enviado por Tópico
mim
Publicado: 16/02/2009 18:22  Atualizado: 16/02/2009 18:55
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Cantigas de amor/ a volta do correio.
Sabes, a tua cantiga foi ouvida muitas vezes na minha casa ainda hoje me agradecem certas cartas que o meu pai levava, nas cartas que agora são emails rsrs

Beijocas doces

Vou levar o teu poema para pôr um sêlo!


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 16/02/2009 20:09  Atualizado: 16/02/2009 20:09
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Cantigas de amor/ a volta do correio.
O belo tema e as belas rimas deixaram sua poesia brilhante!


Enviado por Tópico
Andy
Publicado: 16/02/2009 20:26  Atualizado: 16/02/2009 20:26
Colaborador
Usuário desde: 01/08/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2165
 Re: Cantigas de amor/ a volta do correio. p/ jaber
...na volta do correio, aguarda-se esperançosamente, que o amor nos sorria e que faça o coração bater desmesuradamente! ...a volta do correio ...um instante de emoções!

muito bom!

abraço.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/02/2009 20:38  Atualizado: 16/02/2009 20:38
 Re: Cantigas de amor/ a volta do correio./Jaber
...

um poema prenhe de nostalgia, esculpido literáriamente de modo irreprensível, ritmo e cadência excelentes.

o amor um tema tão recorrente e batido na poesia e na prosa, quando tratado deste modo sai enriquecido.

a propósito do carteiro; entre os meus 5 e 6 anos de idade um dos meus sonhos era ser carteiro quando fosse grande. acho que assim era, pelo facto de o que ia à minha aldeia levava cartas para a minha mãe, enviadas pelo meu pai que anadava a trabalhar longe e, nesses dias a minha mãe sorria de um modo diferente.