https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Alegria : 

No copo da alegria

 
No copo da alegria
 
 
Num acordar envolto em magia
Com ternura misturada em doçura
Neste solo de alegria
Um sorriso que perdura
Casa quente em harmonia
Olhar doce com bravura

Corrente que amacia
Na fonte da tua loucura

Tu que podas a uva
Eu que encho na fonte,
em cântaro a água pura

Cachos de delírios colhidos
sem martírios
Na colheita que segura
Vinho na mesa com o pão na mão
E assim se segue a razão

Na vindima do passado
Pisa a uva e canta o fado
Sem ter dias de amargura

No beber está a doçura
Água e vinho
Matam a sede
Da vida que tem pouca dura
Em alegria e ternura

No peito onde que está guardado
um coração com textura
a paixão o amor e o fado
bebendo a alegria
refrescando o lavrado
com um brinde de água-pé
alegres cantando o fado.


Cristina Pinheiro Moita /Mim/

 
Autor
mim
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1182
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
12
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/02/2009 23:25  Atualizado: 25/02/2009 23:25
 Re: No copo da alegria
Um poema com as características da Mim que conheço!
Irradiando alegria mesmo que por vezes...

Contagias os outros. É saudável!

Beijos com carinho
para mim Cristina, sempre!

Enviado por Tópico
Carlos Ricardo
Publicado: 25/02/2009 23:28  Atualizado: 25/02/2009 23:28
Colaborador
Usuário desde: 28/12/2007
Localidade: Penafiel
Mensagens: 1945
 Re: No copo da alegria
Faço um brinde à desenvoltura com que o poema celebra bonomias fruto de um trabalho honesto e de uma convivência prazeirosa baseada na bondade das coisas simples.
Abraço.

Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 26/02/2009 00:29  Atualizado: 26/02/2009 00:29
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3535
 Re: No copo da alegria
E que alegria Mim...
Fizeste-me sorrir com o teu poema, imaginei uma festa com brindes e tudo o que temos direito, afinal a vida são dois dias.

Grande Mim! Grande Cistina!

Beijinhos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/02/2009 00:30  Atualizado: 26/02/2009 00:30
 Re: No copo da alegria
Brindo á fantástica inspiração que deu azo a este soberbo poema! O melhor dos melhores que já te li.

Adorei..vou levar!

Beijo azul

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 26/02/2009 00:47  Atualizado: 26/02/2009 00:47
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3386
 Re: No copo da alegria
Mim querida,

Na labuta diária, a alegria que se perpetua em dias de sol, num alegre cantar, refrescado pelos fados.
Lindo poema.

Beijinhos

Fhatima

Enviado por Tópico
jaber
Publicado: 26/02/2009 09:53  Atualizado: 26/02/2009 09:53
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 2802
 Re: No copo da alegria
Cristina, tá excelente, do melhor que te tenho lido...merecia ser musicado este poema..

Beijo em Ti

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/02/2009 12:00  Atualizado: 26/02/2009 12:00
 Re: No copo da alegria
lindo poema, senti a alegria na fabricação do vinho, ops do poema. rss. bj querida amiga.

Enviado por Tópico
Antónia Ruivo
Publicado: 26/02/2009 15:04  Atualizado: 26/02/2009 15:04
Colaborador
Usuário desde: 08/12/2008
Localidade: Vila Viçosa
Mensagens: 3906
 Re: No copo da alegria
Concordo com o Jaber merecia um musica, e vai um copito beijocas

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 26/02/2009 19:29  Atualizado: 26/02/2009 19:29
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: No copo da alegria
Simplesmente sublime este teu poema, onde tão bem descreves o que habita num "copo de alegria".
Poesia muito rica, belissima MiM!


beijinhos e meus parabens!


Luisa Raposo

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 27/02/2009 00:31  Atualizado: 27/02/2009 00:31
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: No copo da alegria
Cara prima,

Seu poema desenvolve sobremaneira a alegria do povo. Eu mergulhei nas memórias das aldeias de meus pais, no tempo dos meus avós, nas vindimas, no beber do copinho de vinho tirado directamente da pipa. Todo este retrato poético e a sua desenvoltura estão sublimes.
E há uma outra coisa a considerar foi buscar um video de uma terra vizinha à dos meus pais, donde eu sou particular amigo e sócio da sua comissão de melhoramentos há mais de trinta anos.
Este video é elaborado por uma ainda prima (embora um pouco afastada) de nome Cátia Adão. Está nos blogues Blogóis, Aldeia do Esporão e Terras do Esporão. As fotos são da autoria do Paulo Afonso, um dos administradores do blogue Aldeia do Esporão e autêntico artista fotográfico.
Adorei ler este belo poema, alegre, puro e português.
Beijinhos prima

P.S.-Vou favoritar!...

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/02/2009 00:33  Atualizado: 27/02/2009 00:33
 Re: No copo da alegria
Hoje deixo este miminho, do nosso Miguel Torga
QANTOS SEREMOS?
Não sei quantos seremos, mas que importa?!
Um só que fosse, e já valia a pena
Aqui, no mundo, alguém que se condena
A não ser conivente
Na farsa do presente
Posta em cena!

Não podemos mudar a hora da chegada,
Nem talvez a mais certa,
A da partida.
Mas podemos fazer a descoberta
Do que presta
E não presta
Nesta vida.


E o que não presta é isto, esta mentira
Quotidiana.
Esta comédia desumana
E triste,
Que cobre de soturna maldição
A própria indignação
Que lhe resiste.

Miguel Torga

Beijo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/02/2009 20:21  Atualizado: 27/02/2009 20:22
 Re: No copo da alegria
Adorei!

Todo este ambiente me é familiar, e por isso me agradou passar por aqui.

Tive pena de não ter ajudado os meus pais na ultima vindima. É alegre e divertido, apesar do esforço...


Beijos e obrigada

Dolores