Poemas -> Amor : 

Procura-me

 
Dou-me como se dá o rio ao mar
em tumultuosas tempestades
Dou-me como se dá o vento às folhas das camélias
em suaves afagos
Dou-me como se dá a lua às estrelas
em pestanejar insinuante
Dou-me como se dá a flor ao beija flor inconstante
em doce néctar
Dou-me na insegurança das tuas verdades
que me confundem
Dou-me nas palavras que me exiges
e que não balbucias

Encontro-me no silêncio da noite escura
à espera de te encontrar
de me encontrar ao teu lado, plenamente
Encontro-me em encruzilhada labiríntica
duma teia tecida com fio resistente
que me desorienta

Procuro uma bússola
que mostre o caminho
que me leve a ti neste universo confuso
Procuro um farol
que me faça encontrar um caminho liso
orlado de jasmim

Pois tu não vês
que os meus olhos são duas fontes de água cristalina
que não vislumbram na penumbra
Pois tu não vês
que o meu coração e a minha alma são canoas
que não navegam em água turva
Procura-me…


Quisera eu ser poeta
Quisera eu ser pintor
Escrever telas e pintar poemas
Escrever, pintar, pintar,escrever
A humanidade com muita cor

 
Autor
adelaidemonteiro
 
Texto
Data
Leituras
1497
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
18
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/03/2009 17:28  Atualizado: 11/03/2009 17:28
 Re: Procura-me
Excelente! Interessante a cadencia frasica:

Dou-me
Encontro-me
Procuro
Pois tu não vês
Procura-me...

Soberbo!


Beijo azul


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 11/03/2009 17:34  Atualizado: 11/03/2009 17:34
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 10301
 Re: Procura-me
Uauuuuuuuuu, minha querida!
Seguramente apresentas um dos poemas que mais
gostei de ler por aqui!
Sem favores, e tu sabes o quanto gosto do que escreves,
Beijoca, Laidinha
Vóny Ferreira




Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 11/03/2009 17:47  Atualizado: 11/03/2009 17:47
Membro de honra
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 2999
 Re: Procura-me
Um poema de profundidade... Um caminho, da doação espontãnea ao apelo inocente, à busca de ter uma referência, um horizonte seguro onde atracar riquezas que se trazem... Gostei muito, Adelaide... Beijo grande!


Enviado por Tópico
miriade
Publicado: 11/03/2009 18:06  Atualizado: 11/03/2009 18:06
Colaborador
Usuário desde: 28/01/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2171
 Re: Procura-me
Diria ser poetisa, seu lindo texto uma explosão de mais bela inspiração, que Lindo!


Enviado por Tópico
GlóriaSalles
Publicado: 11/03/2009 22:33  Atualizado: 11/03/2009 22:33
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade: Flórida Pta-SP
Mensagens: 2514
 Re: Procura-me
Um poema de acelerar o coração!
Aplausos, Adelaide!!
meu carinho.
Open in new window


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 11/03/2009 22:37  Atualizado: 11/03/2009 22:37
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5058
 Re: Procura-me
Adelaide,

Simplesmente maravilhoso.
Beijinho


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 12/03/2009 02:20  Atualizado: 12/03/2009 02:20
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 18297
 Re: Procura-me
Procuro uma bússola
que mostre o caminho
Pois tu não vês
que os meus olhos são duas fontes de água cristalina
que não vislumbram na penumbra
Pois tu não vês
que o meu coração e a minha alma são canoas
que não navegam em água turva
Procura-me…

Que maravilha de poema!
Emocionado e envolvente.

Beijos


Enviado por Tópico
(blue)berry
Publicado: 12/03/2009 02:46  Atualizado: 12/03/2009 02:46
Muito Participativo
Usuário desde: 11/03/2009
Localidade:
Mensagens: 65
 Re: Procura-me
porque o amor é doação, procura e (des)encontro...

lindo!

deixo um beijo