Poemas : 

São terra

 
Sou terra!
Daquela que pede mãos,
arenosa, fofa,

como que trazida
duma praia, no meu mar
esse mar
que tanta falta faz,
à terra com que me fiz.


Eu sou terra,
sou mãos,
sou água salgada.
Por vezes,
sou nada!


É com as mãos
que te remexo
e delas faço arado
enxada, caneta, pincel,
beijos,
e, é com as mãos
que te esculpo
fazendo delas cinzel.


E quando as mãos
acariciaram a terra
enterrando em seu ventre
a esperança
dum verão
com sabor a morango,
os meus olhos já viam
a terra
pintada de verde
e o vermelho ao lume
na panela, brando.


As minhas mãos são terra,
são água a regá-la
e, são também morango!


Quisera eu ser poeta
Quisera eu ser pintor
Escrever telas e pintar poemas
Escrever, pintar, pintar,escrever
A humanidade com muita cor

 
Autor
adelaidemonteiro
 
Texto
Data
Leituras
3193
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/11/2011 11:38  Atualizado: 14/11/2011 11:38
 Re: São terra
TERRA, EVANTE, TERRA MAGIA, TERRA MÃE, QUE MARAVILHA DE POEMA, DEIXO MEU ABRAÇO.

MARTISNS