Poemas -> Introspecção : 

Criação

 
Tags:  criação  
 
Criação

Sol nascente serve o anjo de luz,
Que lumia os olhos da brisa fina!
Quando na inconstância celestina,
Somos pedra, barro, coroa e cruz.

Serpentes venenosas da escuridão,
cujos venenos indenes, revigoram,
da vida acre que nas selvas afloram,
O perdão dos remidos de perdão.

Selva de pedra! Céu de maldição...
Crieis a vida com placidez!
Mateis o ódio que em ti vês.

Sejeis ira, lamúria, rendenção!
Homem e deus, cândura e acridez,
criador, criatura, cria e criação!

 
Autor
Siturcio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
809
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/03/2009 17:52  Atualizado: 30/03/2009 17:52
 Re: Criação
Li e reli várias vezes... Imensa poesia!
Gostei muito da sua ideia e discussão sobre criação! Destaco a última estrofe!
Parabéns!
Edilson