https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

O AMOR DE ANTIGAMENTE

 
Tags:  amor    saudade    solidão    dor    desilusão    pensamento  
 
O AMOR DE ANTIGAMENTE

Me escapa
Pela palma das mãos
Uma vida,
Uma incerteza
Uma vontade de apostar
Que o amanhã
Será diferente de hoje
Alguém que se foi
Que nem se quer notou
Que houve amor
Que houve dor
E escorreu pelo seio
Pelo ventre
Despercebido
Um filho perdido
Me escapa
Por um só momento
Tudo que vivi
Tudo que sonhei
O amor de antigamente
Ferida que me sangra
Todavia me devasta
E me escapa
A vida
Que mais posso perder.

Pelo autor Marcelo Henrique Zacarelli
Village Julho de 2008 no dia 21



Marcelo Henrique Zacarelli

Me escapa
Por um só momento
Tudo que vivi
Tudo que sonhei...
 
Autor
Marcelo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
4942
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 03/04/2009 23:49  Atualizado: 03/04/2009 23:49
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3411
 Re: O AMOR DE ANTIGAMENTE
Marcelo,

Poema escrito com grande sentimento, com uma ternura imensa e também uma grande tristeza no teu imenso coração. Muito lindo.
Parabéns poeta,
Beijinhos

Fhatima