https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

A noite cavalga no meu peito

 
Tags:  noite    loucura    sabor  
 
A noite cavalga no meu peito
Neste peito prensado de luar
Galopando o meu corpo vagueia
Na arrojada essência de ficar

Percorro as areias movediças
Em equilibrados saltos mortais
Sinto-me um mero saltimbanco
Em plenas acrobacias sequenciais

Voo no prolongamento do tempo
Nos braços da divina loucura
Estonteando o meu corpo sedento
Orvalhado-o de suave ternura

A noite morre à beira do sol
Nas madrugadas sequiosas de cor
E nos meus olhos impregnados
O gosto salgado do teu sabor

Escrito a 15/06/09


 
Autor
Liliana Jardim
 
Texto
Data
Leituras
2048
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
25 pontos
9
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 16/06/2009 00:43  Atualizado: 16/06/2009 00:43
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8222
 Re: A noite cavalga no meu peito
Gostei muito Liliana. Boa noite para ti. Beijo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/06/2009 00:52  Atualizado: 16/06/2009 00:52
 Re: A noite cavalga no meu peito
Descobriste uma nova forma de poetar... com rimas. Confesso que nunca apreciei as rimas. gosto dos versos soltos ou brancos. Mas o mérito está lá. Um poema excelente.


Beijo azul

Enviado por Tópico
joseluislopes
Publicado: 16/06/2009 01:20  Atualizado: 16/06/2009 01:20
Colaborador
Usuário desde: 22/03/2009
Localidade:
Mensagens: 3351
 Re: A noite cavalga no meu peito
olá

Gostei desta viagem, amar é sempre um desenho tantas vezes só entendido por que o vê com o coração.

um beijo

jll

Enviado por Tópico
Nitoviana
Publicado: 16/06/2009 13:50  Atualizado: 16/06/2009 13:50
Colaborador
Usuário desde: 10/04/2009
Localidade:
Mensagens: 648
 Re: A noite cavalga no meu peito
Gostei bastante deste teu escrito!
Um beijo

Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 16/06/2009 13:54  Atualizado: 16/06/2009 13:54
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2988
 Re: A noite cavalga no meu peito
Me embalei nos teus versos...
Gostei.
Beijos.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 16/06/2009 14:16  Atualizado: 16/06/2009 14:16
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: A noite cavalga no meu peito
Fico feliz que tenhas fugido um pouco
ao teu anterior registo, que (embora com poemas bonitos) te tornavam um tanto repetitiva.
Gostei muito deste poema, Lili, e deves continuar este percurso.
Beijinhos
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 16/06/2009 18:16  Atualizado: 16/06/2009 18:16
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12081
 Re: A noite cavalga no meu peito
O amor cavalga no peito e na grande inspiração deste poema excelente.

Beijos

Enviado por Tópico
Callisto
Publicado: 19/06/2009 00:08  Atualizado: 19/06/2009 00:08
Muito Participativo
Usuário desde: 18/06/2009
Localidade:
Mensagens: 78
 Re: A noite cavalga no meu peito
Gostei da sua escrita algo singular. Discrição de um amor muito sofrido,mais nas asas da quimera.

A noite morre à beira do sol
Nas madrugadas sequiosas de cor
E nos meus olhos impregnados
O gosto salgado do teu sabor

Callisto

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/06/2009 21:23  Atualizado: 20/06/2009 21:23
 Re: A noite cavalga no meu peito
Olá Liliana

Cada vez que te leio, fica em mim serenidade!

Escreves lindamente!

Beijos
Open in new window