https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

No meu livro de português

 

Guardo a tua foto, pequenina
Entre páginas gastas pelo dedilhar
Do meu livro de português
Junto à pétala que se recusa a murchar

No canto da página tem uma marca
Para encontrar sempre o teu sorriso
O vinco que lhe fiz, marca-me a alma
E encontro-te sempre que preciso

Está na página dos advérbios de modo
Para eternizar o amor, simplesmente
Como se fosse nosso o tempo
Enganando a ausência sempre presente

Como presente é o teu sorriso
Que ecoa assim sempre no meu ser
Na marca que fiz na página da vida
No momento que entraste no meu viver
 
Autor
jaber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2074
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
10
0
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/07/2009 12:19  Atualizado: 17/07/2009 12:19
 Re: No meu livro de português
Um certo romantismo, aqui e acolá uma saudade que não murcha e por isso não o é.
É mais uma vontade de eternizar o amor, tenha ele todas as faces que tiver.
Aparentemente dirigido a um amor primeiro, o vinco deste poema atravessa o próprio amor.

Não sei quem é melhor, se o poema, se o poeta.
Abraço.


Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 17/07/2009 18:46  Atualizado: 17/07/2009 18:46
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8228
 Re: No meu livro de português
Mas onde passaram as mulheres, que ainda nenhuma comentou esta lindeza? Umas quadras de pureza e ingenuidade! Tão linduuuuuuuuuuuuuu....Beijo na pétala


Enviado por Tópico
Valdevinoxis
Publicado: 17/07/2009 23:21  Atualizado: 17/07/2009 23:21
Colaborador
Usuário desde: 27/10/2006
Localidade: Aguiar, Viana do Alentejo
Mensagens: 1997
 Re: No meu livro de português
O escritor jaber também escreve com delicadeza. Muito importante, quando se escreve assim, é não ser vulgar, não cair nos fáceis lugares comuns que abundam em parte importante dos textos que se lêem por aqui.
Chega a ser mimoso (e não foleiro), este texto de amor que seduz qualquer leitor que se digne lê-lo.
Gostei bastante, pela escrita, pelo estilo, pela elegância e pela correcção. Vou marcá-lo e encostá-lo às minhas leituras de eleição.

Valdevinoxis


Enviado por Tópico
Ibernise
Publicado: 18/07/2009 05:37  Atualizado: 18/07/2009 05:37
Colaborador
Usuário desde: 04/10/2007
Localidade: Indiara(GO)
Mensagens: 1460
 Re: No meu livro de português
Tá lindo... De doer...
Vim p recomendar,
Guardar e reler
Sempre que quiser voar...


bj jaber

ibernise


Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 21/07/2009 15:30  Atualizado: 21/07/2009 15:30
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: No meu livro de português
Eis um poema perfeito!

Beijo Poeta

Enviado por Tópico
ROMMA
Publicado: 22/07/2009 23:54  Atualizado: 22/07/2009 23:54
Colaborador
Usuário desde: 29/10/2008
Localidade:
Mensagens: 2462
 Re: No meu livro de português
Memórias lindas que jamais fogem da nossa lembrança! Recordo meus cadernos de português :) e tb da foto pequenina com "teu" sorrir, recordo as folhas que pegava do chão e enchia os livros com o romantismo fascinante dos tons do Outono, recordo o amor sentido sem querer mostrar a ninguem, pk era só meu! Recordo os versos e as prosas que tb eu nos cantos dos cadernos escrevia para "ti" :)))

Lindo... nostalgico... quente... singelo... querido! :))

Beijo Jaber!
Tudo de bom!