https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Despertar

 
Revela-se o azul entrincheirado
Que as colinas do monte já cheiraram
Hão-de ser sempre os mesmos a levantar-se
Pela mesma janela avisados
Depois dos galos que já cantaram

Se dorme um vale a oriente
E debaixo duma ponte um vagabundo estremece
Porque segue o Sol para oeste?
Acordará os sonhadores apenas?
Ou dará razão aos que não se deitam.

 
Autor
fcsguimaraes
 
Texto
Data
Leituras
592
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.