https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

No Pátio da Igreja

 
Com uma vela na mão
Permanece o menino
Paralisado
Entre vozes entrecortadas
E badalos de sinos
Que ecoam no vazio
Da multidão

Sonha com um mundo distante,
Com o encanto dos mares,
Vive intensamente sua ilusão
Adornada por paisagens selvagens
Cercado pelos mistérios da vida
Estendida aos seus pés.

Por companheiro a chama acesa
Que a sua frente
O leva até os recônditos
De um céu imenso
Feito de quimeras e desejos

Despertado por uma voz
Que da boca se desprende
E eleva-se até o infinito
Caminha para sagrar
A vontade de todos

Menos a sua...

Open in new window

 
Autor
R.M.
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1495
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/08/2009 00:06  Atualizado: 14/08/2009 00:06
 Re: No Pátio da Igreja
Magnifico poema...fez-me lembrar "o menino de sua mãe".

bj