https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

GATO NA JANELA

 
GATO NA JANELA

Da janela vê o mundo
Que se permite mostrar
Fica horas só olhando
O dia que vai passando
Tranquilo, observando
O vai e vem sem cessar.

Logo cedo ele se aloja
Depois de se espreguiçar
Primeiro quer um afago
Em seguida, sem embargo
Começa a me rodear
Para que eu abra a janela
E espreita, através dela,
Do alto do sexto andar
A vida que vai passando
E ele alí, só olhando
Nem percebe ela passar.

Daqui de dentro, pensando
Meu gato analisando
Sozinha fico a cismar
É muito maior que aquela
A visão que da janela
Eu posso me apropriar
O tempo vai se esgotando
A vida continuando
E eu no mesmo lugar?
Serei gato na janela?



 
Autor
Salete Gurgel
 
Texto
Data
Leituras
5417
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 16/08/2009 22:16  Atualizado: 16/08/2009 22:16
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14977
 Re: GATO NA JANELA p/ Salete Gurgel
Olá Salete

Também tenho um gato que fica
assim a olhar e que lindo ficou
o poema que deixou aqui para mim
o mirar com esta agradável leitura

Beijinhos no coração

Tenha uma linda semana


Enviado por Tópico
Ramgad
Publicado: 11/05/2010 18:38  Atualizado: 11/05/2010 18:38
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade:
Mensagens: 944
 Re: GATO NA JANELA
Muito interessante o seu poema. Também fiquei analisando..."serei gato na janela?".
Gostei demais.
Beijos
Ramgad