https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

NOITES ETERNAS

 
Face a face
Acordávamos
Noites escaldantes
Em que ambos inventávamos
Alongando o tempo.
Sempre juntos
Ninguém mais existia
Ninguém mais vivia
Embarcávamos no amor
Amávamos
Corpo a corpo
Alma a alma
Encharcávamo-nos
De suor
De prazer.
Combatíamos o tempo
Deixando para trás
O resto do mundo.

Eram sóbrios momentos.



Escrevo…para libertar as personagens que não consigo Ser!
________________________________________
http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/

http://catalogoluademarfim.blogspot.pt/



 
Autor
Paulo Afonso Ramos
 
Texto
Data
Leituras
1441
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
1
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vera Sousa
Publicado: 07/01/2008 10:20  Atualizado: 07/01/2008 10:20
Membro de honra
Usuário desde: 04/10/2006
Localidade: Amadora
Mensagens: 4100
 Re: NOITES ETERNAS

Um poema de cortar a respiração!
Intenso

Beijo