https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Encontra-me

 
Tags:  palavras    procura    ocultas  
 
Procuro-me, nesta ausência de mim,
distante do olhar da palavra,
na inutilidade das horas
que teimam em passar devagar,
silenciosas,
talvez já mortas
(como eu…).

Reconheço a alma escondida
atrás do véu da loucura
e, sem vislumbrar teu rosto,
reconheço os traços
e o toque dos teus lábios.

Procuro-me em ti
E escolho morrer nesse beijo
(que quero, desejo).

Busco as palavras certas
Que s’ocultam e estendem
entre vogais sem nexo,
e espero que me encontres aqui…
Onde já me perdi!


 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
2551
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
10
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Moreno
Publicado: 09/09/2009 16:29  Atualizado: 09/09/2009 16:29
Colaborador
Usuário desde: 09/01/2009
Localidade:
Mensagens: 3486
 Re: Encontra-me
belo poema introspectivo...

beijo

Enviado por Tópico
Xavier_Zarco
Publicado: 09/09/2009 18:07  Atualizado: 09/09/2009 18:07
Colaborador
Usuário desde: 17/07/2008
Localidade:
Mensagens: 2253
 Re: Encontra-me
Cara Vera,
É exactamente assim que se faz arte em poesia e poesia em arte. Dos versos Villoncianos aos hexassílabos, colocastes aqui uma excelente viagem ritmada por dentro do poema.
Um beijo
Xavier Zarco

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 09/09/2009 21:06  Atualizado: 09/09/2009 21:06
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Encontra-me
Como leitor é sempre um prazer intenso encontrar poemas como este: em que a poesia se cumpre na essencialidade do que se quer dizer, seguro do instrumento poético que maneja, com recusa do esbanjamento e do ornameno vocabular.

Beijo Vera
arfemo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/09/2009 01:17  Atualizado: 10/09/2009 01:17
 Re: Encontra-me
Gosto da tua forma de poetar. A simplicidade da palavra é a tua arma.Desprezas os ornamentos e figuras de estilo, dando apenas com o essencial a ideia pretendida.

Cada vez mais abomino os artifícios linguisticos na composição poética.

Parabéns! Tenho que te ler mais vezes para aprender algo.

Beijo azul

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 10/09/2009 23:54  Atualizado: 10/09/2009 23:54
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Encontra-me
Rendo-me a tua poesia por inteiro...é sempre melhor uma que a outra!

Beijocas

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 11/09/2009 00:21  Atualizado: 11/09/2009 00:21
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: Encontra-me
Belo poetisa, escrito com alma e quando assim é só é de aplaudir.

Já tinha saudades de te ler Vera

Jinhos tudo de bom para ti

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 12/09/2009 15:27  Atualizado: 12/09/2009 15:27
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: Encontra-me
gosto da forma como te encontras.

abraço

mathilde

Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 14/09/2009 23:43  Atualizado: 14/09/2009 23:43
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Encontra-me
a vida faz-se entre encontros e desencontros e com poemas como este

Jinho

PS: Não está esquecida aquela leitura

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 14/09/2009 23:55  Atualizado: 14/09/2009 23:55
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Encontra-me
Lindo, Verinha.
Beijinhos
Nanda

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 24/09/2009 23:56  Atualizado: 24/09/2009 23:56
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: Encontra-me
Vera,
Bela esta tua sensual poesia.
Puro Poesia Vera!!


Já tinha saudades de te ler, mas o tempo agora nem sempre me permite vir até aqui...

Beijinho grande