https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poema Despido

 
Tags:  poema    desejo    versos  
 
Dominas-me voraz
Sem que entenda o sentido
Dos versos que trazes
Na boca que beija
Em carícias longas
O brilho do sol.

Sou apêndice sôfrego
De um poema.

Pacifico-me na tua voz
Que embala o desejo
De ser letra do teu corpo,
E rasgo a folha imerecida
Que te sustém,
Com a fúria decomposta
Da improbabilidade
De te possuir.

Contempla-me
Na prateleira exposta
No extremo do segmento.

Sou matéria invisível
Dos teus propósitos.
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
1706
Favoritos
6
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
60 pontos
12
0
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 27/12/2008 03:03  Atualizado: 27/12/2008 03:03
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: Poema Despido
Poema despido e ardente, poetisa

Sou apêndice sôfrego
De um poema.

Intensa poesia Vera

Beijinhos
Tudo de bom para ti amiga

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/12/2008 03:30  Atualizado: 27/12/2008 03:30
 Re: Poema Despido
Ardente, intenso e lírico! Belo poema!
A guardar!

Beijo azul...Sempre!

Enviado por Tópico
GE3
Publicado: 27/12/2008 09:56  Atualizado: 27/12/2008 09:56
Da casa!
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Moçambique
Mensagens: 353
 Re: Poema Despido
despido de vontades por assumir...
mais um belo poema que encanta quem o lê
abraço
António

Enviado por Tópico
Carlos Ricardo
Publicado: 27/12/2008 16:26  Atualizado: 27/12/2008 16:26
Colaborador
Usuário desde: 28/12/2007
Localidade: Penafiel
Mensagens: 1947
 Re: Poema Despido
Vera,

é uma experiência excitante, para os sentidos e o intelecto, ler o que escreves.
Vestir, despir, eis a questão! O âmago tantas vezes se oferece guarnecido de vestes simbólicas ao ponto de o não vermos. Outras vezes, desguarnecido, despido, passa despercebido.
Beijos.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/12/2008 17:46  Atualizado: 27/12/2008 17:46
 Re: Poema Despido
Vera,
Teu poema despido vestiu-me de graça e sensualidade.
Bjins, Betha.

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 27/12/2008 17:58  Atualizado: 27/12/2008 17:58
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Poema Despido
Vera
Chamaste-o de poema despido
Pois eu achei-o bem trajado
Com versos tão ricos
De fina matéria poética
Que costuraste a rigor
E com ele adornaste
O teu belo poema de Amor

Beijo

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 27/12/2008 18:33  Atualizado: 27/12/2008 18:33
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: Poema Despido
Vera,
Poema triste mas veemente.
Beijinhos na alma
Feliz 2009
Nanda
Open in new window

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 27/12/2008 23:13  Atualizado: 27/12/2008 23:13
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: Poema Despido
...................................

Dominas-me voraz
Sem que entenda o sentido
Dos versos que trazes
Na boca que beija
Em carícias longas
O brilho do sol.

Sou apêndice sôfrego
De um poema.

Pacifico-me na tua voz
Que embala o desejo
De ser letra do teu corpo,
E rasgo a folha imerecida
Que te sustém,
Com a fúria decomposta
Da improbabilidade
De te possuir.

Contempla-me
Na prateleira exposta
No extremo do segmento.

Sou matéria invisível
Dos teus propósitos.
................................

Destaco o poema inteiro
porque eu não sei mais
dizer o quanto um poema
pode ser inteiro agora
que li este.

O poema deixou-me nua, Verinha.
Um dos melhores que já li de ti.

Beijo de uma Amora zonza

.................

Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 28/12/2008 12:13  Atualizado: 28/12/2008 12:13
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Poema Despido
Vera sendo o que és o que não és, estás onde estás, és a bênção dos deuses que nos olhos teus retratam um mundo cheio...

Jinho

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 29/12/2008 23:23  Atualizado: 29/12/2008 23:23
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Poema Despido
Poema despido que amei!

Vamos beber café rsrs...

Beijos doces
E um ano novo cheio de amor

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 30/12/2008 17:36  Atualizado: 01/01/2009 02:02
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Poema Despido
Vera,

Alcandroando-se, assim,
ao improviso do olhar,
à ténue passagem de um dedo,
toque imaginável em segredo,
de proveito melindroso,
cíclico adorno na pele,
revestido de proventos
terminados...
mas não sustentados.


Para ti, esta pequena dissertação poética como homenagem ao belíssimo poema que aqui apresentas e eu vou relegar para os meus favoritos...

Bom Ano Novo

Beijinhos

Enviado por Tópico
MartaVasil
Publicado: 02/01/2009 16:25  Atualizado: 02/01/2009 16:25
Da casa!
Usuário desde: 30/11/2008
Localidade:
Mensagens: 215
 Re: Poema Despido
"Sou matéria invisível Dos teus propósitos." - Mas... muito visível esta matéria rubra e poética que aqui nos deixaste, num escaldar de emoções!

Fantástico, sem dúvida um dos meus preferidos.

Beijinhos

Marta Vasil