https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Amor de ninguém (republicado)

 
Todos os santos dias
Eu escrevo as agonias
De assim te ter
As dobro em quatro
Vinco e remeto
Sem rumo ou endereço
Para um sem destino
E nesse qualquer lugar eu sumo,
Me desfaço num grito e esfumo
Me livro do desatino que é sofrer
Porque algures no lado de lá eu vivo
Vivo sem habitar a vida
A dor não bate, não me é querida
E a harmonia do silêncio me convém
Lábios não oiço,
Toques não beijo,
Palavras não sinto,
E o amor distante é de ninguém
 
Autor
TrabisDeMentia
 
Texto
Data
Leituras
928
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
5
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maria Verde
Publicado: 21/09/2009 23:42  Atualizado: 21/09/2009 23:42
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2008
Localidade: SP
Mensagens: 3544
 Re: Amor de ninguém (republicado)
das vezes que te leio o pensamento é um só. Brilhante. O amor distante é tomado nosso, como areia agarrada nas mãos. Não fica. Não se faz real.
abraço

Maria verde

Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 21/09/2009 23:57  Atualizado: 21/09/2009 23:57
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Amor de ninguém (republicado)
Dia após dia... estes sentimentos também me fazem visita...

Parabens

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/09/2009 00:31  Atualizado: 22/09/2009 00:31
 Re: Amor de ninguém (republicado)
E o amor distante é de ninguém

Amor distante é agonia para o pobre coração...
Lindo poema
Parabéns
MARLISE

Enviado por Tópico
Paulo Gondim
Publicado: 22/09/2009 01:15  Atualizado: 22/09/2009 01:15
Colaborador
Usuário desde: 12/11/2007
Localidade: São Paulo (com o coração no Nordeste)
Mensagens: 552
 Re: Amor de ninguém (republicado)
Uma forma bonita de falar de saudade! Parabéns!
Faz tempo que não via o grande poeta por aqui. Fico feliz pela volta!
Abraço!

Enviado por Tópico
HelenDeRose
Publicado: 22/09/2009 14:22  Atualizado: 22/09/2009 14:22
Usuário desde: 06/08/2009
Localidade: Sorocaba - SP - Brasil
Mensagens: 2092
 Re: Amor de ninguém (republicado)
...Ainda bem que republicou, este seu poema tem aquela marca do pé no chão...rs...


O amor distante é de ninguém
Pois ele já estava em mim
Antes de nascer
Ainda que procure
Alguém para amar
Mesmo que eu deposite
Meu nome e endereço
No interior
De uma garrafa e
Lance-a ao mar
A distância
Que percorre o destino
Não encontrará
Na volta
O meu coração
Pois só eu sei
Fazê-lo pulsar...


Bjos daqui.