https://www.poetris.com/

 
« 1 ... 6 7 8 (9) 10 »
Offline
ChicãodeBodocongó
A fazenda
A galinha põe ovo, Do ovo sai o pinto da galinha. A galinha cacareja e o pinto pia e Espia o ga...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 08/01/2009 13:48:08
Offline
ChicãodeBodocongó
Imponha
Faça um favor! Não me fazendo favor nenhum! Cobre o que não fizeste por mim Até o último cobre! ...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 08/01/2009 13:37:59
Offline
ChicãodeBodocongó
O chupa Sangue
Três noites miseráveis! Sem possibilidade de sono!? Incontáveis animalzinhos! A sensibilidade a ...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 08/01/2009 13:30:28
Offline
ChicãodeBodocongó
Os três pontos principais
Primeiro, não devemos Nunca pensar que somos os primeiros, Herdeiros do supremo poder De sermos ...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 07/01/2009 15:37:05
Offline
ChicãodeBodocongó
Receios
Regras criam e desfazem costumes Os ciúmes definem regras Verdades descrevem ciúmes O ritual da...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 07/01/2009 00:34:40
Offline
ChicãodeBodocongó
Um gole a mais
Pelo menos fique um pouco mais, Aliás, não se acanhe, Beba mais do Champanhe O que resta na mes...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 06/01/2009 11:39:21
Offline
ChicãodeBodocongó
A menina que passa
A brisa traz na sua essência O essencial para vida. O ar fica saturado de perfume. É o sinal da m...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 06/01/2009 11:35:42
Offline
ChicãodeBodocongó
Prerrogativas
Na verdade, navego E me entrego ao dever De divulga-la. Na verdade, me faço Arauto que espera ...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 06/01/2009 11:26:32
Offline
ChicãodeBodocongó
O avião e o cabloco
O avião passou zunindo nas cabeças dos meninos, a asa triscou os cabelos deles que botaram pra gr...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 05/01/2009 16:09:06
Offline
ChicãodeBodocongó
Um pedido ao sonho torto
Leve-me sonho torto Para onde eu possa está disposto, dispondo-me a consumir letras E prosseguir...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 05/01/2009 15:49:00
Offline
ChicãodeBodocongó
Abelhinha
Abelhinha, abelhinha, onde vai criatura Com toda essa pressa? Vou em busca da cura da dor, que ...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 04/01/2009 10:47:33
Offline
ChicãodeBodocongó
O parto
Está a nascer um poeta A dinâmica da vida é acionada, O ser impulsionado que nasce define uma me...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 04/01/2009 10:42:24
Offline
ChicãodeBodocongó
Cácomigomesmo
É costume, Espanto moscas Quando me aborreço, Eu não percebo o quanto falta-me Para que me livr...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 03/01/2009 17:12:19
Offline
ChicãodeBodocongó
Em casa
Em casa as moscas voam. Passam horas e as moscas estão a voar. Nos bares nos restaurantes, as mo...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 03/01/2009 17:06:44
Offline
ChicãodeBodocongó
No que posso
Nada que me incomoda é surpresa Com destreza já assisti a este filme Firme estarei a responder co...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 03/01/2009 16:58:39
Offline
ChicãodeBodocongó
Parágrafo único
Parágrafo único Sempre estarei a ti esperar Parágrafo único Ao ti esperar hei de ti conquistar ...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 03/01/2009 03:37:43
Offline
ChicãodeBodocongó
Meu caminho
Me solto pela vida afora Com a glória de me ver livre. O tigre que define o meu eu Destruiu o ...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 03/01/2009 03:29:20
Offline
ChicãodeBodocongó
Máximas
Penso, logo persisto em continuar a pensar. Falo, logo não quero mais parar de falar Se caso algu...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 01/01/2009 20:28:30
Offline
ChicãodeBodocongó
Conversando com Raquel ( Acróstico discursivo )
Raramente possuímos o Dom dos sonhos, Atestando a nossa incapacidade de viver, Quando tudo o que...
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 01/01/2009 20:20:39
Offline
ChicãodeBodocongó
Sócrates
Sócrates está falando. Minuto a minuto O som da sua voz separa o tempo entre o antes e o depois....
Enviado por ChicãodeBodocongó
em 01/01/2009 20:11:31
« 1 ... 6 7 8 (9) 10 »