https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 »
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Mortes
Mortes A primeira vez que me assassinaram Levaram a esperança que eu tinha Mas depois muitas ve...
Enviado por João Marino Delize
em 28/06/2020 20:42:45
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Pandemônio
Pandemônio Essa pandemia que ora se arrasta Não é pandemia é um pandemônio Não é coisa de Deus é...
Enviado por João Marino Delize
em 12/04/2020 20:26:27
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Nova lei
Nova lei No momento se propõe na presidência Que a gravidez de menores seja evitada Mas quem é q...
Enviado por João Marino Delize
em 04/02/2020 19:23:24
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Pra já
Pra já Não queiras retardar a nossa sorte Que um norte nós temos que tomar Pois ninguém sabe qua...
Enviado por João Marino Delize
em 18/10/2019 14:39:23
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Sem destino
Sem destino ÀS vezes vou caminhando pela estrada Sem destino eu continuo contemplando Pelas ruas...
Enviado por João Marino Delize
em 18/09/2019 19:56:57
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
O crime de Mariazinha
O crime de Mariazinha Um casal de namorados Corações apaixonados Que se amavam loucamente Numa n...
Enviado por João Marino Delize
em 29/12/2018 20:29:53
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Cálix de vinho
Cálix de vinho Quando chegar a hora de usar o passaporte Espero que atenda este pedido com cari...
Enviado por João Marino Delize
em 31/08/2018 15:03:29
Textos deste autor
Offline
elendemoraes
Sorte e felicidade
Para a minha gente muito querida! "No dia 1 de Maio também comemora-se o dia do trabalho a...
Enviado por elendemoraes
em 01/05/2018 21:02:43
Textos deste autor
Offline
RobertoEstevesdaFons
DESENCONTRO, E ENCONTRO DE FESTA
É só pensar em não e sim, que vem desencontro em mim, e me entrego só à sorte de ficar assim, ass...
em 25/04/2018 07:34:14
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Descida
Descida Entrei embalado em uma descida Quase sem freio perdi a estrada Acabei estatelado em um...
Enviado por João Marino Delize
em 27/02/2017 14:51:10
Textos deste autor
Offline
Nininha
Portugal, Portugal…que futuro?
Ah! Meu País de brandos costumes De homens e mulheres conformados Ser Português é faca de dois g...
Enviado por Nininha
em 02/12/2016 18:38:19
Textos deste autor
Offline
SEMEANO
RIO DE ESCOLHOS
Estou sempre à beira do desejo Estou no fundo a querer Sempre d`outra sorte beber Porque assim ...
Enviado por SEMEANO
em 28/07/2016 22:44:49
Textos deste autor
Offline
JJG
Ahmet
Este texto pode ferir a susceptibilidade dos leitores mais sensíveis.
Enviado por JJG
em 20/06/2016 01:02:43
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Bem-te-vi
Bem-te-vi Foi naquele domingo na encruzilhada A primeira de muitas vezes que te vi Em um Pé d...
Enviado por João Marino Delize
em 21/03/2016 21:10:46
Textos deste autor
Offline
João Marino Delize
Preferência
Preferência Prefiro a vida tão sofrida que a morte Pois posso dar o meu grito de alerta Entend...
Enviado por João Marino Delize
em 12/02/2016 19:09:13
Textos deste autor
Offline
shallow
Sério e impelido
Que vontade que tenho de explodir por ai Me fazer em pedaços e sumir E depois disso fugir Em um...
Enviado por shallow
em 18/05/2015 16:26:06
Textos deste autor
Offline
SEMEANO
CALOR NA PELE
Sinto um calor na pele, espero que esta energia me revele Porquê viver de efémera sorte , ...
Enviado por SEMEANO
em 08/05/2015 17:57:49
Textos deste autor
Offline
AJ_Cardiais
Morte: Fim de Estágio
Não choro por meus mortos... Não me descabelo, nem me desespero... Apenas sinto. Sei que a morte...
Enviado por AJ_Cardiais
em 04/01/2015 14:36:12
Textos deste autor
Offline
Nanda
Linha da vida
Cabe-me uma vida na palma da mão Alegrias, tristezas, lágrimas, saudades E as linhas que fazem a...
Enviado por Nanda
em 28/08/2014 23:29:27
Textos deste autor
Offline
RobertoEstevesdaFons
VELHA
A velha sorte, invade-me forte, a velha morte, evade-me, é sorte, a velha forte, consorte, meu no...
em 20/06/2014 06:11:00
(1) 2 3 4 »