https://www.poetris.com/

 
Offline
orientem
Deixa-me metamorfosear a mágoa em teu peito … num apego de bem
que ambicioso querer retornar ao núcleo do teu peito depois de semear o desconforto do a...
Enviado por orientem
em 21/06/2022 20:57:56
Offline
orientem
Abrigos
no casulo da memória tudo é tarde a borboleta já não veste as asas a lagarta coxeia de um...
Enviado por orientem
em 04/03/2022 23:37:18
Offline
orientem
Primeiros instantes
a afinidade da tarde contrastava com nervosismo das mãos o coração embrulhava-se com ansieda...
Enviado por orientem
em 08/11/2021 01:11:04
Offline
orientem
No espaço comprimido do nosso abraço… acabam as fronteiras dos oceanos e o mundo nasce de novo …
aquele abraço [há muito reclamado] não ficou esquecido na avenida do peito onde o o ala...
Enviado por orientem
em 07/11/2021 10:53:46
Offline
orientem
As palavras que não deixam marcas… não tem linhas do coração
não foi só as palavras que te chegaram e tu sabes bem disso … sabes da ternura do nosso olhar ...
Enviado por orientem
em 05/11/2021 22:42:59
Offline
orientem
Tatuadora de interiores
guardo aquele caderno que me deste como tesouro precioso do nosso sonho lá dentro vive um...
Enviado por orientem
em 04/11/2021 18:47:03
Offline
orientem
Meu âmago se faz brisa para te ameigar
vou revisitando o vestígio dos teus dedos bebendo das tuas letras para acalmar os silêncios ...
Enviado por orientem
em 02/11/2021 18:34:21
Offline
orientem
Asas por ensinar
anjos pequenos alteiam a luz nas nossas retinas se desprende das mãos das mães galinhas...
Enviado por orientem
em 02/11/2021 14:31:59
Offline
orientem
Serás sempre o ponto de luz mais bonito … na partida e no regresso ao ninho
vou mudar as estrelas de lugar estão tão afastadas quando não sorris quero bordar com elas as...
Enviado por orientem
em 01/11/2021 19:10:19
Offline
orientem
Só falta as vermelhas pétalas …ao teu silêncio …
a Helena Kolody já escrevia sobre o “nós” dela alguém que dedilhava a poesia coronária como a t...
Enviado por orientem
em 31/10/2021 01:15:41
Offline
orientem
A alma no corpo de luz
ancorado nestas palavras de sempre deixo este teu coração de ontem querendo girar como farol n...
Enviado por orientem
em 30/10/2021 04:03:51
Offline
orientem
Pintar amor
a fúria das pálpebras as glândulas exacerbadas o fogo em água o corpo salivando a falta ...
Enviado por orientem
em 29/10/2021 17:45:36
Offline
orientem
Queria muito mais que o teu corpo … queria ser um afluente do teu sentimento… por isso procurei o sofrimento e o amor no teu olhar …
os dedos sabem deslizar na sombra dos teus olhos sem serem ensinados contorna-los com ...
Enviado por orientem
em 29/10/2021 00:00:24
Offline
orientem
O desraizar dos passos pode bem ser o prelúdio dos afetos
o tempo não vai perdoar a mudez do coração que abala teu peito nos dias de enternecimento onde...
Enviado por orientem
em 28/10/2021 20:04:14
Offline
orientem
A ponte do horizonte… pode bem ser os nossos braços
a distância das vagas enganam serei forte na espuma cobarde … no meio da rocha e da onda...
Enviado por orientem
em 22/10/2021 21:21:01
Offline
orientem
A cor transparente da letra
o remetente se transmuta mas o destinatário nunca muda e por vezes ... só o destinatário sabe...
Enviado por orientem
em 20/10/2021 22:44:01
Offline
orientem
No lugar do coração …ficou um lago salgado… com o teu nome
olhos estourados varrendo o sonho o corpo zangado querendo o refúgio dos teus braços o ad...
Enviado por orientem
em 18/10/2021 20:44:15
Offline
orientem
Semeando a flor na terra adubada de pólvora
a alma nua [maquilhada de ternura ] regressa a esta casa em ruinas com a esperança de ver n...
Enviado por orientem
em 18/10/2021 00:18:18