https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 6 »
Offline
Vamaloso
Canto à capela
Estás no outro lado do mundo, e eu,…neste meu canto à capela. Estás no sonho mais profundo, e és,...
Enviado por Vamaloso
em 28/12/2012 22:45:14
Offline
Vamaloso
És Tu !
És Tu!... a que lavra o amor presente… Eu…, terra firme, tua doca de abraço, És Tu!... a que lume...
Enviado por Vamaloso
em 25/12/2011 12:35:47
Offline
Vamaloso
Onda
Onda macia, fresca de cetim e sabes ser bela adormecida... Onda nua, abraçada em mim e sabes s...
Enviado por Vamaloso
em 26/06/2011 21:26:54
Offline
Vamaloso
Noite alta
Varanda de infinito céu... Sorriso duma lua à janela, Brisa do mais fresco véu... Noite alta que...
Enviado por Vamaloso
em 18/06/2011 18:32:45
Offline
Vamaloso
Pergunta por mim
De quanta intrépida inocência De quem pergunta donde vim... Em longas noites de ausência De que...
Enviado por Vamaloso
em 29/05/2011 14:03:50
Offline
Vamaloso
Sem pressa
Hoje como ontem, fazes mais uma viagem, Hoje vens com pressa, sem pressa partirás, Soltas um sorr...
Enviado por Vamaloso
em 15/05/2011 10:55:53
Offline
Vamaloso
Mensagem
Mensagens!...Naquelas em que nos tocamos... Raiz de letras, caule da palavra mais alta, Pétalas d...
Enviado por Vamaloso
em 01/05/2011 20:51:34
Offline
Vamaloso
Na nossa varanda
Na varanda, das nossas almas Embalamos a chama no peito; São ferventes, de águas calmas Nas noit...
Enviado por Vamaloso
em 24/04/2011 21:42:36
Offline
Vamaloso
Velejando ...
Essa vaga de pele, do nosso aperto em caravela Essa chaga de fel, patamar dum enredo à janela... ...
Enviado por Vamaloso
em 09/04/2011 04:47:30
Offline
Vamaloso
Alma em flor
Encontrei na terra alma, flor carente, Cresceu perdida no desejo de semente, Folha erguida e arte...
Enviado por Vamaloso
em 12/02/2011 21:03:36
Offline
Vamaloso
Sei de um porto
Sei de um porto de milagre desperto, A fita do Bonfim e oferta a Iemanjá... Sei de um rio ao nort...
Enviado por Vamaloso
em 31/12/2010 12:17:10
Offline
Vamaloso
As palavras que dizemos...
Nessas palavras que dizemos em beijos terminam nessa praia de bocas onde as palavras são conchas....
Enviado por Vamaloso
em 26/12/2010 22:15:33
Offline
Vamaloso
Olival
Quando o teu perfume me fugiu, a tua leve rama eu alcancei numa tarde de brisa fresca, nesse oliv...
Enviado por Vamaloso
em 10/12/2010 20:57:23
Offline
Vamaloso
Jardim de domingo
Sei de um jardim, um bonito jardim, Sol quente da manhã de domingo Ainda dorme e espera por mim.....
Enviado por Vamaloso
em 07/12/2010 19:03:46
Offline
Vamaloso
Cálice
Trago em mim intermináveis lareiras, Trago em mim os incansáveis anseios, Trago em mim as noites ...
Enviado por Vamaloso
em 04/12/2010 20:27:14
Offline
Vamaloso
Beijo ou Galho !
Não sei de um abraço sem um peito ou de uma árvore crescer sem galho, Não sei de um ribeiro sem u...
Enviado por Vamaloso
em 23/11/2010 21:02:00
Offline
Vamaloso
Pétala
Uma pétala caiu desse canto de água como folha de Outono que desmaia, Uma pétala percorreu tez de...
Enviado por Vamaloso
em 24/10/2010 08:41:09
Offline
Vamaloso
Aurora
Numa bolina sem sentido a desmaiada proa chorou o momento sem rasgo de luz do inventor da hora, s...
Enviado por Vamaloso
em 23/10/2010 10:12:20
Offline
Vamaloso
A Era Fútil
Que fútil a guerra sem sentido que se esconde e não é herói, Qualquer compaixão seria abrigo da i...
Enviado por Vamaloso
em 14/09/2010 17:42:18
Offline
Vamaloso
Nosso Mouchão ( em Lisboa )
Nosso mouchão confluente, as suas colinas e um castelo no alto as suas ruas e um terreiro intempo...
Enviado por Vamaloso
em 10/09/2010 22:00:13
(1) 2 3 4 ... 6 »