https://www.poetris.com/

Poemas, frases e mensagens de Lunna

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de Lunna

Silêncio

 
Meu silêncio dói.
Minha alma está aberta leia,
Sabes o que sinto e o que desejo,
As palavras fogem, preciso viver a dor,
Nada que por acaso escreva será proporcional ao meu querer.
Me fez tão tua, sem ao menos me tocar, seja meu, fica perto.
Teus presentes são meus alicerces, teus rastros, pistas, você me faz bem...
 
Silêncio

Ícaro

 
O que sai de mim
Vem do prazer
De querer sentir
O que eu não posso ter
O que faz de mim
Ser o que sou
É gostar de ir
Por onde, ninguém for...

(Pisca/Claudio Rabello)
 
Ícaro

É necessário ser poeta para escrever?

 
É... o Luso está passando por problemas,
mas erroneamente ou não, mantenho-me alheia,
Não plagio, não ofendo (ao menos não tenho intensão), não critico.
Ora tudo que me vier da alma, se assim for minha vontade, vou expor, pode ser que algumas vezes selecione os leitores, mas estarei aqui, para agrado de uns e irritação de outros.
Se é poesia ou não, cabe a mim, também não se lêem por aqui pensamentos e crónicas?
Se percebo que aderi ou criei um estilo, fugirei deste, porém, não cessarei.
Abraços aos verdadeiros poetas. Tiro a vocês o meu chapéu, me agrada muito lê-los e assim também farei.
 
É necessário ser poeta para escrever?

Raios de Sol

 
Seja meu Sol, aqueça-me
Deixe que eu respire o aroma da tua pele
Envolva-me, dá me teu toque,
Quero sentir cada pedaço,
Quero provar cada gosto,cada fluido teu,
Te dou meu melhor sorriso.
Deixe-me aconchegar em teu peito,
Quero sentir a força do teu corpo viril
Se deixe entrelaçar em minhas pernas
Permita-me inebriar com teu desejo
Terás de mim o que teu corpo precisar
Te deixo me fazer tua, somente tua
Sob a luz do luar.
 
Raios de Sol

Desabafo

 
Façamos um trato: se eu contar tudo que estou pensando,
entregar meus segredos, revelar meu desejo de ser rendida,
amordaçada, violada, enganada, calada e submetida,
e se você prometer que amanhã de manhã,
ainda terá apreço em me tratar como sua princesa,
então prometo que serei essa princesa.
Mas não se assuste se, por enquanto, eu só pedir que você me puxe os cabelos,
me vire e me revire, me chame de nomes impronunciáveis,
azeite meu quadril, não se envergonhe de pulsos animais e bata em mim um pouquinho.
Afinal, se eu não revelar meus desejos a você, com quem mais?
Então, você acha que é homem o bastante para me satisfazer sem se desencantar?
 
Desabafo

Com sinceridade, minha deliciosa mentira (?)

 
Lá no meu canto mais obscuro, onde guardo os segredos que até a mim são proíbidos, está a forma animal com que te desejo, teu corpo que para mim é perfeito, pois cabe ao meu como se lho há muito pertencesse. Está a vontade que tenho de degustá-lo como uma iguaria, a mais rara e deliciosa, prová-lo com paciência, despertar cada sentido, liberar sussurros em seu ouvido, até que então sem mais suportar, com fervor me apanhe me faça tua com intensidade e derrame em mim todo teu prazer, quero sentir teu gosto, teu aroma e teu toque,tua masculinidade e então adormecer malemolente em teu colo, para que com amor meu sono vele.
Em segredo te quero
 
Com sinceridade, minha deliciosa mentira (?)

Lua/Lunna

 
Lua, que tens haver comigo
Além do fato de sermos homônimas?
Solidão? Estás tão inacessível quanto eu,
Queres ser tocada? Entendo a impossibilidade de tal ato.
Queres ser desejada? Quanto isso não te preocupes, o és e digo mais, inspiras sensualidade e romance, porém, tristemente contentamo-nos com a distância.
Como eu, em épocas te escondes e novamente resplandece, cheia e vigorosa,
Sim tuas fases e faces são as mesmas minhas.
Cara Lua, temos em comum o nome e a distância também a triste sina de comtemplar paixões e loucuras sem ao menos fazer parte delas.
 
Lua/Lunna

Cumplicidade

 
Amo tua vontade de estar comigo,
Amo teus bons e maus pensamentos,
Amo tanto nossos momentos.

Quero viver o que almejamos,
Quero realizar o que sonhamos,
Quero sentir o que desejamos.

Presiso das tuas boas intenções,
Presiso das tuas ótimas vibrações,
Preciso das tuas provocações.

Darei minha lealdade,
Darei minha cumplicidade,
Darei prazer de verdade.

Obrigada por estar comigo,
Obrigada por teu ombro, não só amigo,
Obrigada por guardar meu juizo.

Fui te buscar, obrigada por vir, fica?

Esse foi morno e terno, como o banho que tomei, acho que a febre que tenho é meu corpo clamando o teu. Como disse, meu Sol, hoje nada de esforço, guardo todo ele para você quando eu estiver bem. Cuida de mim.
 
Cumplicidade

nós

 
É olho no olho demais para ser só sacanagem e tem reboladas demais para ser só amor...
Qual nome vc dá?
 
nós

Conspiração

 
Instinto,
Faro,
Desejo,
Carne,
Jogo,
Atração,
Presa,
Atraído,
Lua,
Sol,
Mar,
Amar,
Lençóis,
Luxuria,
Manhãs,
Prazer.
Tiremos o chapéu para o Universo,
foi conspiração inusitada e avassaladora.
Não sei o que estou fazendo, mas tenho que fazer.
Te sinto, te persigo, te ganho.
Me tens, me seguras, me desfalece.
Já não há mais dia sem teu bom dia.
Intenso é nosso infinito, entre nós nos pertencemos.
Sou tua, tú és meu, do nosso jeito, nosso modo. Te preciso, me permito, embarco no teu barco, me leva com tuas ondas, pois trarei você nas minhas.
 
Conspiração

Gizé

 
Anjo,
Decífra-me ou te devoro,
Cuidado, se errar te regurgito...
 
Gizé

De manhã

 
Entre lençois desarrumados desperto e te procuro, vago pela sala e cozinha, mas é na nossa rede, na varanda que te encontro, largado e com seu cigarro forte aceso, cabelos deliciosamente desarrumados, sem camisa, pleiteio cambaleante um lugar aninhado em seu corpo. Deito-me e balbucio algumas palavras desencontradas, faço de propósito, pois sei o quanto gostas de me ouvir ronronar, mas ganho o que procuro, carinho e cafuné, acomodo-me em seu peito e dou um sorrizinho satisfeito, enquanto você pensa sempre silencioso, por onde começar esse domingo claro, nem ligo, quero que o mundo pare, congelaria esse momento, raios de sol preguiçosos nos presenteiam, aconchego-me mais ainda em meu ninho, sinto que quer algo além, mas atrevo-me, contrariando todas as leis do nosso romance, desencorajar você: _ Delícia, deixa eu dormir aqui mais um pouquinho, continua com seu cafuné mágico, já já a gente volta a essa história de amor. Ganho além do cafuné um beijinho terno na testa, momento perfeito suspiro de deleite. Uma noite de mulher desejada e saciada seguida por uma manhã de princesa!
 
De manhã