https://www.poetris.com/
Luís de Camões : Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades
em 16/03/2009 15:01:14 (17431 leituras)
Luís de Camões


Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.


**************************************************


Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/03/2009 19:41  Atualizado: 16/03/2009 19:43
 Re: Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades
Belo poema Helen
Parabéns

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía. (Adorei)

( O tempo que nos faz sofrer, envelhecer, crescer e aprender).

Beijo de seu Amigo Coletivo Rodrigo.

Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 16/03/2009 19:49  Atualizado: 16/03/2009 19:49
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades
Seus textos aqui tambem tem mudado,sempre melhores!

Links patrocinados

Visite também...