https://www.poetris.com/
Vinícius de Moraes : Minha Namorada
em 11/04/2015 02:05:02 (2019 leituras)
Vinícius de Moraes

Se você quer ser minha namorada
Ah, que linda namorada
Você poderia ser
Se quiser ser somente minha
Exatamente essa coisinha
Essa coisa toda minha
Que ninguém mais pode ser

Você tem que me fazer um juramento
De só ter um pensamento
Ser só minha até morrer
E também de não perder esse jeitinho
De falar devagarinho
Essas histórias de você
E de repente me fazer muito carinho
E chorar bem de mansinho
Sem ninguém saber por quê

Porém, se mais do que minha namorada
Você quer ser minha amada
Minha amada, mas amada pra valer
Aquela amada pelo amor predestinada
Sem a qual a vida é nada
Sem a qual se quer morrer

Você tem que vir comigo em meu caminho
E talvez o meu caminho seja triste pra você
Os seus olhos têm que ser só dos meus olhos
Os seus braços o meu ninho
No silêncio de depois
E você tem que ser a estrela derradeira
Minha amiga e companheira
No infinito de nós dois




Imprimir este poema Enviar este poema a um amigo Salvar este poema como PDF
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
s.i.s
Publicado: 06/12/2015 17:33  Atualizado: 06/12/2015 17:33
Muito Participativo
Usuário desde: 01/12/2015
Localidade: São Paulo
Mensagens: 85
 Re: Minha Namorada
A atração da poesia acontece por possibilidades dessas a de sonhar em quase acreditar.

Enviado por Tópico
Lucineide
Publicado: 26/12/2015 22:48  Atualizado: 26/12/2015 22:48
Colaborador
Usuário desde: 06/12/2015
Localidade:
Mensagens: 1260
 Re: Minha Namorada
Esse um dos poetas que me inspira. Cada dia aprendo mais bebendo seu doce e romântico poetizar.


A VINICIUS DE MORAES

Ler as poesias de Vinicius de Moraes
é mergulhar numa profunda musicalização;
é poder enxergar uma extraordinária beleza
na sensibilidade e simplicidade das coisas.
Sua poesia é muito mais que rimas:
é sua própria alma estampada nas palavras.
Jamais compreenderemos a poesia
desse mestre, que tanto canta e encanta
se não saborearmos a simplicidade da vida,
a delicadeza do amor,
a paixão e a emoção de sonhar.
Falar desse poeta que encanta corações,
é viajar no Soneto de Fidelidade,
encontrar com Garota de Ipanema e dizer:
Eu não existo sem você.
Lucineide

Links patrocinados

Visite também...