http://spumis.pt/
 
Poemas -> Tristeza : 

ASSONÂNCIA

 
Tags:  poema  
 
<img src="http://s74.flogao.com.br/2010/03/10/31/133179484.jpg">
ASSONÂNCIA
(Jairo Nunes Bezerra)

Azucrinado meu corpo segue em frente...
O seu único combustível é o teu amor...
Mas se dele foges e ficas indolente,
Falhando a todo tempo fica o seu motor!

E ao anoitecer é que da estrada chego ao final,
Sem o combustível impulsionador...
Eu sei... Tu sabes... Faltou a composição ideal,
Elaborada pelo teu amor!

O tempo avança, mas pra tudo há solução,
Indisciplinado atua o meu coração,
Mas isso é passageiro!

Quando te envolveres com meus abraços,
Com meiguice e sem sopapos,
Descontraídos ficaremos o dia inteiro!




 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
6449
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Beija-Flor76
Publicado: 10/03/2010 21:43  Atualizado: 10/03/2010 21:43
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2010
Localidade: PORTUGAL
Mensagens: 2056
 Re: ASSONÂNCIA
Bonito soneto , cheio de emoção e alma .
É disto que precisamos ...
Abraço.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...