http://spumis.pt/
 
Poemas : 

Nem sinto a sua falta.

 
O fato de roer as unhas
e ficar tensamente ansioso,
caminhar triste na chuva
achando tudo horroroso;

seguir crendo que tudo é triste
sem ouvir o canto da passarada.
Sequer perceber que existe
uma vida em disparada;

Não tem nada a ver com você
este meu novo jeito de ser
incluindo a angústia que me mata.

Não sei o que lhe faz acreditar
que é por você está vontade de chorar.
Afinal de contas nem sinto sua falta!


Mauro Boasorte

 
Autor
Montserrath
 
Texto
Data
Leituras
246
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.
Posts relacionados, Plugin for WordPress, Blogger...